Quarta-feira, 27 de Outubro de 2021
CARNAVAL 2022

Vitória Régia trará a importância das vidas negras como novo samba-enredo para 2022

A tradicional escola de samba do bairro Praça 14 trará o samba-enredo "Vidas Negras Importam", destacando o Quilombo Urbano de São Benedito, sediado no próprio bairro e considerado o  segundo maior do país



c3a4dd12-53af-4a36-825a-936d3c07c2a8_2B8AF52C-A481-4BB3-A909-B9159D03B913.jpeg
09/10/2021 às 09:15

"Vidas Negras Importam". Este é o samba-enredo escolhido pelo Grêmio Recreativo Escola de Samba (GRES) Vitória Régia para desfilar no Carnaval de Manaus 2022. A escola fica situada no bairro Praça 14 de janeiro, local onde vive a maior comunidade negra da capital amazonense, o Quilombo Urbano de São Benedito. Inclusive, este é o segundo maior quilombo urbano do Brasil reconhecido oficialmente.

Segundo o diretor de Carnaval da Vitória Régia, Fabrício Nascimento, a escolha do enredo é justamente exaltar as conquistas dos povos negros no Brasil. Dentre as diversos homenageados estarão: o escultor Aleijadinho que na época quem assinava suas obras era seu pai que era branco; Machado de Assis, primeiro presidente mulato da Academia de Letras; Galanga, rei do Congo que veio para o Brasil como escravo e escondeu ouro em seus cabelos para poder comprar a liberdade de seus irmãos; Xica da Silva e o sonho da mulher negra em ser rainha; dentre outros homenageados.



Foto: Arlesson Sicsú/Freelancer

"A Vitória Régia vai fazer uma defesa dos feitos dos negros. Um enredo de autoestima mostrando que as vidas negras importam porque os negros são importantes, inteligentes e que contribuíram muito para o Brasil ser o que ele é hoje. Não é um enredo que vamos frisar no sofrimento, mesmo sabendo que é algo que nos machuca até hoje", destacou o diretor da escola.

Perdas na pandemia

Fabrício Nascimento relembra que a escola de samba Vitória Régia perdeu muitos membros importantes de sua agremiação por conta da pandemia do coronavírus. O segundo pico da pandemia, de acordo com o diretor, foi o mais difícil para a escola. 

"A pandemia nos assustou muito, perdemos muitos amigos. Perdemos alguns conselheiros, pessoas importantes no seu quadro de diretores. Sentimos muito nesse período pandêmico mais agravada", relembra.

Uma das perdas significativas para a Vitória Régia foi a morte recente de Murilo Rayol, ex-vice-presidente da agremiação.

"Tivemos a perda desse cara que veio para a escola para ajudar. Ele competiu e venceu a competição do samba-enredo. Murilo Rayol foi homenageado pela Grande Família mas ele era Vitória Régia de coração. Ele já tinha sido vice-presidente em gestões anteriores. Infelizmente, nos deixou de forma muito precoce. A gente vai dedicar esse carnaval a ele por tudo que ele fez", destaca.

Ações sociais

O diretor de Carnaval ressalta que a escola de samba Vitória Régia não poupou esforços para combater a pandemia em Manaus. A quadra da escola inclusive foi local de ações sociais de imunização contra Covid-19.

"A diretoria continuou fazendo seu trabalho sempre obedecendo os protocolos, manter esse respeito para proteger não só os componentes da escola mas seus familiares também. Inclusive nos colocamos à disposição para que utilizasse a estrutura física da escola para a vacinação em algumas ações sociais de imunização. A Vitória Régia sempre esteve disposta a lutar contra a pandemia, ressaltar a consciência de que ainda não acabou e é preciso ter muito cuidado", frisou Nascimento.

Rumo ao Carnaval 2022

Os ensaios da bateria da Vitória Régia já estão acontecendo, ainda sem público. Mas, de acordo com o diretor de Carnaval, no fim do mês de outubro a escola irá abrir para a população poder assistir os ensaios, com a exigência de comprovação de vacinação e com todos respeitando os protocolos sanitários.

"Não teve Carnaval em 2021 e nós acreditamos que em 2022 terá. Estamos nos preparando. Começa com a escolha do enredo, transformamos esse enredo num roteiro, desenha-se as alas, carros alegóricos. Acreditamos que vai ter Carnaval sim, tanto que já estamos comprando material. A Vitória Régia firme e forte acredita no Carnaval seja o maior desfile de escolas de sambas por conta da expectativa que todos estamos tendo com esse retorno e a saudade de defilar no Sambódromo", destaca Fabrício.

A Escola de Samba da Vitória Régia será a última agremiação a desfilar no Sambódromo de Manaus.

 

News b9c859f0 b845 415e 97aa d9fe4eb65dc1 96581f6b 36a1 4a7c a5d9 8f8c56b0b256
Repórter de A Crítica
Amazonense, nascido e criado em Manaus. Graduado em Jornalismo e mestrando em Antropologia Social, ambos pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.