Publicidade
Manaus
Manaus

Volta do feriado: movimentação na barreira da Zona Norte e na ponte Rio Negro é tranquila

De acordo com a Polícia Militar,  aproximadamente 3,2 mil veículos saíram de Manaus nesse feriadão passando pela barreira policial que fica na entrada das rodovias BR-174 e AM-010, além de outros 8 mil carros que passaram pela Ponte Rio Negro. Muitos, porém, devem voltar só no início de 2016 27/12/2015 às 19:08
Show 1
Entradas da capital amazonense não registraram movimento intenso na tarde deste domingo (27)
joana queiroz Manaus (AM)

Quem escolheu aproveitar o feriadão do Natal fora de Manaus não enfrentou grandes congestionamentos no retorno para casa, na tarde deste domingo (27), de acordo com informações da Polícia Militar do Amazonas.  Até as 16h, o retorno estava tranqüilo pelas rodovias AM-010 (que liga Manaus aos municípios de Rio Preto da Eva e Itacoatiara) e BR-174 (estrada que vai da capital até Boa Vista, em Roraima), assim como pela Ponte Rio Negro, na Zona Oeste. A expectativa é que, pela noite, o movimento fique mais intenso. 

De acordo com o cabo da Polícia Militar V. Rodrigues, aproximadamente 3,2 mil veículos saíram de Manaus nesse feriadão passando pela barreira policial que fica na entrada das estradas BR-174 e AM-010, na Zona Norte de Manaus. “Apesar da grande quantidade de veículos que passaram por aqui, não houve nenhum acidente considerado grave”, disse o militar. Para Rodrigues as campanhas pedindo atenção e mais segurança no trânsito estão surtindo efeito. 

Na ponte Rio Negro, passaram cerca de 8 mil veículos com destino aos municípios da margem direita do rio Negro, segundo informou o sargento do Batalhão de Trânsito da PM Praxides. Pela manhã, por volta das 9h, o fluxo de veículo em direção ao outro lado do rio ficou intenso na ponte, onde foi registrado engarrafamento.



Conforme o sargento, muitas pessoas ligaram para o Centro Integrado de Segurança Pública (Ciops) reclamando do congestionamento, mas por volta das 11h a situação foi normalizada. Ainda na tarde deste domingo, por volta das 16h30, o transito estava normal nos dois sentidos da ponte. “Acredito que no início da noite, o trânsito vai ficar mais carregado”, disse o sargento.

Publicidade
Publicidade