Publicidade
Manaus
POLÍTICA

Wilson Lima explica que não tentou suspender pagamento de abono a professores

Candidato do PSC explicou que entrou com uma ação contestando o uso político do abono, mas em nenhum momento pediu suspensão do pagamento como sugere link com "pegadinha" que circula pelo whatsapp 09/10/2018 às 21:40 - Atualizado em 09/10/2018 às 23:38
Show wilson bba58009 ae33 474b 8e93 c1bda249817e
Foto: Arquivo AC
acritica.com Manaus (AM)

O corpo jurídico da coligação Transformação por um Novo Amazonas, que representa a candidatura de Wilson Lima (PSC) ao governo do Estado, entrou, nesta terça-feira (9), com ação contestando o uso político do abono aos professores e pedagogos da rede estadual de ensino por parte do candidato Amazonino Mendes (PDT). Em nota distribuída à imprensa, a coligação explica que não há, em nenhum momento, o pedido de suspensão do pagamento do benefício como noticiado por alguns portais e distribuido com link "pegadinha" por whatsapp.

“Não sou contra um direito duramente conquistado pelo trabalhador. Os profissionais da educação merecem o abono. Mas o que questionamos, além do uso político, é o fato de que o governo já tinha recursos em caixa e poderia ter creditado na conta dos servidores antes do período eleitoral”, criticou Wilson Lima.

Em 2018, de janeiro até o dia de hoje, o Amazonas recebeu do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) mais de R$ 1,3 bilhão.

“O que é injusto e desigual, num momento crucial da eleição, é o uso desta ação como marketing político. Mais uma vez, a máquina pública está sendo usada em favor da velha política”, acrescentou o candidato do PSC. Em outras palavras, Wilson não pretende impedir o pagamento e sim impedir que o Governo faça propaganda do fato, inclusive em redes sociais usadas para a campanha á reeleição de Amazonino.

Ontem, o Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) autorizou o Governo do Amazonas a utilizar verbas Fundeb para o pagamento de abono aos professores e pedagogos da rede estadual de ensino.

Publicidade
Publicidade