Terça-feira, 24 de Novembro de 2020
MÚSICA DO PELADÃO

Regulamento “Música oficial do Peladão”

Primeiro lugar receberá R$ 3 mil. A canção vencedora será lançada na final do Peladão 2020, a ser realizada na Arena da Amazônia dia 26 de dezembro



IMG-20201119-WA0041_AEECE48B-3255-4E19-8752-F7696A24E04D.jpg
18/11/2020 às 17:48

Regulamento “Música oficial do Peladão”

O concurso da Música Oficial do Peladão é uma iniciativa da Rede Calderaro de Comunicação (RCC) e tem como objetivo incentivar músicos e compositores locais por meio da escolha da canção oficial do maior torneio de futebol amador do mundo, o Peladão, realizado há 48 anos pelo jornal A Crítica. A canção vencedora será lançada na final do Peladão 2020, a ser realizada na Arena da Amazônia, dia 26 de dezembro, com execução a cargo da RCC. Todas as etapas da escolha da Música Oficial terão ampla divulgação pelos veículos e redes sociais da RCC.



DOS PARTICIPANTES

Artigo 1º: Poderão participar toda a comunidade do Estado do Amazonas.

DAS INSCRIÇÕES

Artigo 2º: As inscrições são gratuitas e estarão abertas no período de 21 a 30 de novembro de 2020.

Artigo 3º: A inscrição deverá ser feita por meio de envio de vídeo ou áudio com a gravação original do candidato/s (letra e música) para o email musicadopeladao@acritica.com acompanhada da letra por escrito e do preenchimento do questionário de inscrição abaixo.

Art. 4º O trabalho (música) pode ser inscrito em grupo, porém a organização do concurso não se responsabiliza pela divisão do prêmio entre os integrantes do grupo.

Art. 5º Ao se inscrever, o participante autoriza automaticamente a Rede Calderaro de Comunicação a utilizar, publicar e reproduzir, o conteúdo. Quando da entrega do prêmio, os vencedores assinarão termo de cessão dos direitos autorais.

DAS MÚSICAS

Artigo 6º: Cada participante poderá inscrever uma música inédita. Deverá ser mantida a originalidade tanto na parte musical quanto literária. Casos de plágio serão desclassificados. A ausência de originalidade poderá ser apurada através da comissão organizadora e ensejará em desclassificação.

Artigo 7º: A música deverá ter no máximo 3 minutos de duração, podendo ser utilizado qualquer ritmo e qualquer tipo de instrumento musical.

Artigo 8º O tema da música tem que observar as características do torneio (veja resumo abaixo ou clicando aqui) e conter a expressão: Peladão é muito mais que futebol.

Artigo 9º: As músicas não poderão: a) Causar danos materiais ou danos morais; b) Conter dados ou informações que constituam ou possam constituir crime (ou contravenção penal), ou que possam ser entendidos como incitação a prática de crimes; c) Constituir ofensa à liberdade e à crença; d) Revestir-se de conteúdo que implique discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia ou procedência nacional ou regional; e) Fazer propaganda eleitoral; f) Ter sido produzida por terceiros.

DO CONCURSO

Artigo 10º: A partir do dia 01 de dezembro, uma banca formada por cinco músicos da cidade e um jornalista da RCC vai selecionar 10 músicas (finalistas) que serão submetidas a votação popular no YouTube do acritica.com.

Artigo 11º: O resultado da análise da banca julgadora será divulgado dia 05 de dezembro de 2020. Na mesma data começa a votação na internet. A votação ficará aberta até as 18h do dia 10 de dezembro.

Artigo 12º: O vencedor será anunciado no dia 10 de dezembro. Ele será aquele candidato (ou grupo) cuja gravação tiver o maior número de curtidas/likes na publicação do YouTube oficial do acrítica.com. Não serão considerados os dislikes e os comentários estarão desabilitados quando da publicação das canções concorrentes.

Artigo 13º: A música vencedora será lançada na final do Peladão 2020, dia 26 de dezembro na Arena da Amazônia, com produção e execução a cargo da RCC. Para esta apresentação e para a gravação da Música Oficial do Peladão, o ritmo pode ser mudado por decisão da organizadora do concurso.

DA PREMIAÇÃO

Artigo 14º: Serão premiados o primeiro, segundo e terceiro colocados na votação popular:

1 º Lugar R$ 3.000,00 (três mil reais)

2 º Lugar R$ 1.500,00 (hum mil e quinhentos reais)

3 º Lugar R$ 500,00 (quinhentos reais)

Artigo 15º: A premiação acontecerá no mês de dezembro de 2020, no auditório do jornal A Crítica (avenida André Araújo, 2410, bairro Petrópolis / Manaus – AM).

Artigo 16º: Os deslocamentos dos vencedores até o local da premiação não terão custo coberto pela RCC, ficando a cargo do inscrito.

DISPOSIÇÕES FINAIS

Artigo 17º: Não poderão concorrer os membros da Comissão Organizadora.

Artigo 18º: A participação no concurso implica no conhecimento e na aceitação, pelo candidato, de todas as disposições deste regulamento, sendo desclassificados os trabalhos que não atenderem as regras nele contidas.

Artigo 19º: Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Organizadora

 

QUESTIONÁRIO DE INSCRIÇÃO

(para cada integrante do grupo, em caso de trabalho em equipe)

NOME COMPLETO:

RG:

TELEFONE CELULAR:

ENDEREÇO:

LETRA DA MÚSICA:

 

O QUE É O PELADÃO

Futebol, dedicação, união e bom humor

O Peladão é uma história de amor pelo esporte iniciada em 1973, que se renova a cada ano e que vai muito além do futebol.

O torneio amador já chegou a reunir, numa mesma edição, 1.110 equipes, de diferentes bairros de Manaus e cidades do Amazonas, disputando chave a chave o troféu de melhor do ano.

Mais que um simples torneio, o evento organizado há mais de quatro décadas é a reunião de diversos atores sociais que moram e trabalham no maior Estado do Brasil.

De acordo com jornalistas estrangeiros que já cobriram o evento, não há registros em todo o mundo de um campeonato que reúna segmentos sociais tão distintos ao mesmo tempo.

Quando os árbitros dão início às partidas, estão em campo estudantes, ambulantes, comerciantes, advogados, médicos, profissionais liberais em geral, enfim, gente rica e gente pobre. Porém, todos imbuídos do espírito lúdico do esporte bretão.

“O Peladão é como uma cidade em movimento, levando-se em consideração o gigantesco número de atletas participantes. Além disso é um grito de liberdade que já rodou o mundo”, define o Coordenador-Geral, Arnaldo Santos.

Quem joga no Peladão já sabe. Após queimar calorias nos campos de futebol e nos embates de corpo-a-corpo, os jogadores voltam suas atenções para a tradicional barca: confraternização organizada pelas equipes regada à comida, bebida e muita conversa fiada.

Tem times no Peladão mais famosos pelo nome que pelo talento: Vai Garotão, Tá Demais, Raparigueiros, Borra da Liberdade, Os Paparazzo, Os Puguentos do Aleixo, Brutos, porém limpos, Caça Barca, Rala Bucho e Papaculis Rock Clube, Uma Garrafa e Meia, Azarão, Carcaça de Bode, Anti-Doping, Sugismundo etc.

Para participar da competição, as equipes precisam inscrever junto uma candidata a Rainha do Peladão. A escolha da mais bonita representante é feita em paralelo aos jogos e todo anos o Peladão tem, além dos campeões nas categorias principal, feminino, master, infantil (Peladinho), uma nova Rainha.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.