Publicidade
Parintins 2017
Após 26 anos

Após 26 anos, Markinho Azevedo deixa o cargo de Tripa do Boi-Bumbá Caprichoso

Quem assume o posto é o filho dele, Alexandre Azevedo, de 33 anos, que já atuava como reserva. “Já cumpri o meu papel”, disse Markinho 03/10/2016 às 22:39 - Atualizado em 08/10/2016 às 16:45
Show show pixx
Markinho tem 30 anos de Boi-Bumbá Caprichoso, sendo 26 como Tripa (Foto: Márcio Silva)
Vinicius Leal Manaus (AM)

Após 26 anos sendo Tripa do Boi-Bumbá Caprichoso, do Festival Folclórico de Parintins, Markinho Azevedo, de 50 anos, entregou o cargo à diretoria da agremiação folclórica nesta segunda-feira (3). Quem assumirá no lugar dele será o filho de Markinho, Alexandre Azevedo, de 33 anos, que já atuava como reserva de Tripa do Boi.

“Já cumpri o meu papel, contribuí muito com o Caprichoso. Foram três décadas e 26 anos como Tripa. Agora quero dar espaço para outras pessoas. Mas vou continuar trabalhando e confeccionando, não mais como Tripa. Deixo de conduzir a estrela maior da nossa festa, mas estou no corpo de artistas e colaboradores para fazer o melhor para o Boi Caprichoso”, afirmou Markinho, que continuará na agremiação do Touro Negro.

Sobre ser o filho dele, Alexandre Azevedo, a ficar com a função de dar os movimentos de boi real ao Caprichoso dentro da arena do Bumbódromo de Parintins, Markinho se sentiu consternado. “É uma emoção grande passar a paixão de uma nação para um filho, que vai continuar o meu trabalho com honra e amor”, falou.

O presidente do Boi-Bumbá Caprichoso, Babá Tupinambá, agradeceu a dedicação de Markinho pelos anos de Tripa. “Ele foi o mago da evolução, o artista que marcou sua trajetória como o criador e a criatura”. A diretoria da agremiação folclórica ainda não oficializou Alexandre Azevedo como o novo Tripa.

Publicidade
Publicidade