Terça-feira, 19 de Novembro de 2019
NO ZACA XIBELÃO

Boi Caprichoso faz 1ª noite de ensaio técnico; hoje e amanhã têm mais

A apresentação valeu para acertar os detalhes visando a primeira noite (30 de junho) do 52° Festival de Parintins



22/06/2017 às 00:54

Desmistificando qualquer boato de que estaria doente, o levantador oficial de toadas do Boi-Bumbá Caprichoso, David Assayag, comandou o ensaio técnico realizado nesta quarta-feira, dia 21  no Curral Zeca Xibelão. A apresentação valeu para acertar os detalhes visando a primeira noite (30 de junho) do 52° Festival de Parintins.

O boi volta à cena para novo ensaio técnico nesta quinta e sexta, no mesmo local, a partir de 21h, visando as duas últimas noites de Festival.



Boa parte da apresentação deste ensaio técnico foi debaixo de uma teimosa chuva, por vezes mais forte, mas sem arrefecer a animação contagiante dos brincantes, dirigentes e público presente ao curral.

"Somos Marujada de Guerra" foi uma das toadas mais executadas nesta noite, levando o público ao delírio com outras como o hit azul deste ano,  "A Poética do Imaginário Caboclo", que dá nome ao tema da associação folclórica para este ano.

A cunhã-poranga Marciele Albuquerque arrancou aplausos do público na sua evolução.

A carismática Rainha do Folclore Brenna Dianná interagiu com galera azul e branca da FAB e Raça Azul, bem como a porta-estandarte Marcela Marialva. A sinhazinha da fazenda Valentina Cid mostrou toda a sua graciosidade em cena, provando que pode fazer bonito no Bumbódromo.

O novo tripa do boi, Alexandre Azevedo, filho do ex-tripa Markinho Azevedo, pulou, dançou e interagiu com os torcedores. E o pajé Neto Simões simulou até um transe durante sua evolução.

O ensaio técnico finalizou com a invasão da galera azul e branca na pista de apresentação do Curral Zeca Xibelão, fazendo uma grande festa junto com itens oficiais, brincantes e diretoria do Boi da Francesa.

Monitoramento
O Conselho de Arte do boi designou um funcionário específico para acompanhar os mínimos detalhes em uma cabine do curral.

Zandonai de Bastos, seu nome, é responsável por acompanhar, por exemplo, se uma toada executada no ensaio técnico "funcionou ou nao"  durante a apresentação.

Garantido
O Boi da Baixa do São José encerrou nesta quarta seus ensaios técnicos para as três noites de Festival de Parintins.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.