Publicidade
Parintins 2017
show de cultura

Bumbás entram na reta final de conclusão dos trabalhos para as apresentações

O 51º Festival de Parintins acontece nos dias 24, 25 e 26 deste mês e terá transmissão exclusiva pela TV A Crítica 17/06/2016 às 13:04 - Atualizado em 17/06/2016 às 13:07
Show  ndicedssad
Foto: Márcio Silva
Paulo André Nunes Parintins (AM)

Os artistas dos bois Garantido e Caprichoso entram na reta final de conclusão dos trabalhos visando ao 51º Festival Folclórico de Parintins, que acontece nos dias 24, 25 e 26 deste mês.

Pelos lados da Baixa do São José, nos galpões da Cidade Garantido os trabalhos de execução seguem o passo cadenciado. E o boi deve vir ainda mais grandioso neste ano, haja vista que, além das alegorias e dentro dos galpões, outras estruturas estão sendo concluídas em parte do estacionamento da sede do boi vermelho e branco, na Estrada Oduvaldo Novo.

“O Garantido sempre esteve preparado para as três noites, isso sempre foi muito claro. Há um mês nós falávamos que já estávamos com 80% a 85% do boi pronto. Hoje estamos praticamente prontos para as apresentações, mas é claro a finalização dos trabalhos acontece na concentração do Bumbódromo. Mas estamos finalizando tudo na maior tranquilidade do mundo, com as dificuldades, claro, que todos conhecem”, disse Fred Góes, membro da Comissão de Artes do Boi Garantido.

Tradicionalmente, os trabalhadores responsáveis por fazer o traslado das alegorias do Garantido do galpão para a área de concentração do Bumbódromo são chamados de “Kaçaueré”.

Caprichoso

Já no galpão principal do Caprichoso, os preparativos estão a todo vapor, com os artistas de galpão dando os retoques finais nas grandiosas alegorias. “Estamos com o boi 90% pronto para esse Festival Folclórico de Parintins. Será um espetáculo grandioso, podem esperar”, disse o artista Chico Cardoso, membro da Comissão de Artes do Caprichoso e coordenador da parte de coreografia e teatralização.

No início da próxima semana, ambas as associações folclóricas devem começar a levar as suas alegorias gigantescas para as ruas, para posicioná-las nas cercanias do Bumbódromo.
No Caprichoso, os empurradores de alegorias se chamam “Paikicés”.

O 51º Festival Folclórico de Parintins terá transmissão exclusiva pela TV A Crítica.

Publicidade
Publicidade