Publicidade
Parintins 2017
ATRITO

Caprichoso protesta e evita que Israel tenha contato com jurados antes do Festival

Apresentador do Garantido seria o responsável por mostrar projeto de arena aos jurados nesta sexta-feira, mas ele foi substituído após polêmica 29/06/2017 às 20:09 - Atualizado em 29/06/2017 às 20:35
Show img 9697
Jurados deixam o prédio da Prefeitura de Parintins (Foto: Euzivaldo Queiroz)
Paulo André Nunes Parintins (AM)

A um dia do início do Festival Folclórico de Parintins, Caprichoso e Garantido tiveram sua primeira rusga mais séria na apresentação do projeto de arena aos jurados do evento. 

A apresentação é um procedimento padrão, feito na véspera do início da disputa na arena, para que os jurados - que vêm de outros Estados, entendam a proposta que cada boi defenderá na arena do Bumbódromo.

A confusão ocorreu após o Caprichoso escolher o presidente do Conselho de Artes, o artista Ericky Nakanome, para fazer a apresentação do projeto. Assim que o Touro Negro concluiu o procedimento, Israel Paulain seria o responsável pela tarefa em nome do Garantido. O Caprichoso protestou e atrasou o andamento.

 

"Nós havíamos acertado previamente com o boi contrário e o prefeito Bi Garcia que nenhum item oficial teria contato com os jurados nesta apresentação dos projetos de arena. Mas o contrário achou por bem indicar seu apresentador oficial e por isso nós não concordamos e gerou-se essa confusão. Mas nós resolvemos isso com a palavra de homens e ficou tudo acertado", afirmou o presidente do Caprichoso, Babá Tupinambá, após o término da apresentação do boi azul.

"Não é nada contra a pessoa do apresentador, do Israel, mas é que nós do Boi-Bumbá Caprichoso achamos que nenhum item oficial que vai se apresentar no Bumbódromo pode ter contato prévio com os jurados", completou Socorro Carvalho, membro do Conselho de Arte do Boi da Francesa.

A missão de apresentar o planejamento do Garantido para as três noites do Festival coube ao diretor de Arena do Garantido, Edwan Oliveira, que minimizou o problema. "O nome do Israel foi indicado há uma semana para a Prefeitura e o Boi Contrário. Eles sabiam dessa indicação, não temos culpa se eles ficaram com medo", afirmou. 

Com o atraso da programação, foi marcada para amanhã, às 11h, a apresentação oficial do quadro de jurados, antecipado por A Crítica na manhã desta quinta-feira. 

Publicidade
Publicidade