Publicidade
Parintins 2017
PRIMEIRA NOITE

Expectativa avermelhada para abrir o Festival 2017 em grande estilo

Dos mais experientes aos estreantes na Arena, itens individuais esperam, ansiosos, pela noite de hoje 30/06/2017 às 09:40
Show pa070129 05v
A sinhazinha da fazenda Djidja Cardoso defende do item pela segunda vez na Arena (Foto: Euzivaldo Queiroz)
Paulo André Nunes Parintins (AM)

A expectativa dos itens do Boi-Bumbá Garantido para esta primeira noite do 52º Festival Folclórico de Parintins já era grande há vários dias. Aquele friozinho na barriga é característico até para quem já se acostumou com a Arena do Bumbódromo. A ansiedade é explícita no rosto de cada item, claro, no entanto, maior é a vontade de fazer bonito perante os jurados e a galera vermelha e branca e de conquistar mais um título.

Mais experiente entre os itens individuais do Boi da Baixa do São José, com 16 anos de participação (incluindo o início, como apresentador mirim), o apresentador oficial Israel Paulain disse que a expectativa é positiva. “Estou no 16º ano como apresentador e digo logo que é como se fosse o primeiro ano. Muita expectativa. Estou muito determinado e empenhado em fazer um grande espetáculo e contribuir com o Boi Garantido  mais uma vez e, se Deus quiser, vencermos mais um Festival e sermos bicampeões”, disse.

Segundo Israel, o trabalho tem sido intenso. “Trabalhamos em ensaios técnicos na Cidade Garantido e no templo sagrado do Bumbódromo e está tudo afinado, com determinação e organização do corpo de dança, Batucada, Galera, através do Comando Garantido, grupo de dança folclórica Garantido Show e vários grupos que vão colaborar conosco de vários municípios de outros Estados que vêm a Parintins colaborar conosco. Nossos itens estão impecáveis e a determinação é para fazer um grandioso espetáculo”, comentou Paulain.

Em seu segundo ano, a sinhazinha  da fazenda, Djidja Cardoso, disse estar mais confiante ainda. “Ano passado, nesta época (na véspera), eu já estava desesperada, mas neste ano está tudo tranquilo. Orando bastante e Deus está me acalmando. Minha nação pode esperar uma sinhazinha bem mais preparada”, disse ela. 

Estreantes

Há também a expectativa de quem estreia, caso da paranaense Elizandra Garcia, a nova mãe Catirina do Garantido,  que fará par com João Paulo Faria, o Pai Francisco. “Fizemos as preparações acertadas para sexta-feira darmos início ao Festival. O coração está acelerado. Já fui batuqueira e sempre é um desafio novo. Ser Catirina é a realização de um sonho. A peia vai ser grande”, disse ela.

Estreante como cunhã-poranga, Rayssa Bandeira está ansiosa. “Na hora vai dar aquele friozinho na barriga. Vou ser guerreira, com toda a energia positiva, força e fé”, garante a jovem de 21 anos.

Publicidade
Publicidade