Quarta-feira, 22 de Janeiro de 2020
ANSIEDADE

'Loucos sem cura': torcedores iniciam fila da galera do Garantido

Grupo chega, há 18 anos, um dia antes do Festival no local onde é formada a fila para a galera encarnada



29/06/2017 às 09:36

Torcedor que se preze chega cedo pra curtir seu boi em Parintins. "E se amar é loucura, eles são loucos sem cura". Que o digam os primeiros torcedores do Boi Garantido que chegaram na fila do Bumbodromo de Parintins, as 6h desta quinta-feira (29), e que fazem parte da Mancha Vermelha.  

Há 18 anos, Socorro da Silva, 54, Neire Marques, 42, Lucas Santos, 30, e a Parintinense Liliane Goreth, 48,  chegam um dia antes do início do Festival para garantir o melhor lugar no Bumbódromo e torcer muito pelo Boi do Povão.
 
 "As pessoas esperam um tempão pra assistir shows como de rock, então porquê nao podemos esperar na fila pelo nosso boi amado?", comentou a parintinense Goreth.



Ainda segundo Goreth, mais de 200 pessoas fazem parte do grupo. "Nós fazemos um revezamento e também tentamos organizar a fila. Fazemos até pulseiras", contou. 

O Garantido abre o 52º Festival Folclórico de Parintins, nesta sexta-feira (30), a partir das 21h30, com transmissão ao vivo da TV A Crítica.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.