Publicidade
Parintins 2017
Futuro Garantido

Sonho de menino na Baixa do São José é ser apresentador do Garantido

Quando bebê, ele foi ninado com toadas de boi-bumbá e o resultado não poderia ser outro: aos 9 anos, o sonho do apresentador mirim Pierre Lima é defender o item número 1 do Boi Garantido na Arena 23/06/2016 às 11:56 - Atualizado em 23/06/2016 às 13:07
Show capturar
Toda a família de Pierre apoia a paixão dele pelo Bumbá da Baixa do São José e o sonho do pequeno de ser o representante do item número 1 do Garantido
Jhonny Lima Parintins (AM)

Com uma escova ou qualquer outro objeto que represente um microfone nas mãos, o pequeno Pierre Cardoso de Lima, de 9 anos, imagina estar no Bumbódromo de Parintins, lotado de torcedores do bumbá vermelho e branco, apresentando o Boi Grantido no Festival Folclórico.  Essa é brincadeira preferida dele e também o sonho do jovem “perreché”, um entre tantos que têm esse desejo de representar o Boi da Baixa do São José na Arena.

E ele já viveu uma “amostra” dessa emoção: Pierre é o mesmo garoto que, na apresentação do Garantido do ano passado, surgiu no meio do povo, interpretando o fundador do bumbá, Lindolfo Monteverde, na infância. A participação mais que especial só fez aumentar  o desejo.

“Desde bebê ele tinha esse entusiasmo com o Boi. Quando via o Israel (Paulain) ele gostava muito, se animava”, declarou a mãe do pequeno apresentador, Janice Cardoso. Com o texto ainda gravado na memória, Pierre recitou trechos que declamou no Bumbódromo e, aos poucos, foi ficando mais à vontade, a ponto de  cantar uma toada do Garantido do CD “Celebração” à reportagem de A CRÍTICA.

Apesar da pouca idade, experiência ele tem de sobra, principalmente na comunidade do Mocambo, em Parintins, onde anima as apresentações de boi-bumbá e se prepara novamente para ser apresentador ano que vem. Outros convites também surgiram para animar o Boi de Miniatura,  em Parintins. Janice ressalta que para que tudo ocorresse como o esperado, ela contou com a ajuda da família e da professa dele na escola.

“Ele ensaiava todos os dias e às vezes ele chegava muito cansado. Então eu ligava para a professora dele, pois estabelecemos uma parceria e tudo deu certo, graças a Deus”,  disse a mãe. O pequeno grande apresentador sabe que participou de um momento único do Festival, ao interpretar Lindolfo Monteverde na infância na edição do cinquentenário. Responsabilidade que ele soube conduzir com maestria e destreza. Quando surgiu da arquibancada ano passado, Pierre conta que segurou a emoção e que não ficou tão nervoso como esperava, diante de um grande público.

 “Agradeço a Deus e ao Boi Garantido por ter dado a oportunidade a ele de executar esse trabalho. Com certeza muitas portas se abrirão”, frisou a mãe dele, Janice. ÍDOLO Sem enconder a alegria nem titubear, Pierre é enfático ao apontar o melhor apresentador  do Festival, na opinião dele. “É o Israel Paulain,  porque ele é o melhor”, disse o pequeno fã do apresentador vermelho. Inspirado em Israel, ele sonha em pisar na Arena defendendo o item de número 1 do Festival.

O pai dele, Patrick de Lima, integra a banda Miscigenação e, todas as vezes que ele ensaia em casa, Pierre fia ao lado, aprendendo as toadas e ensaiando a apresentação para a arena do Bumbódromo. Para lapidar o talento de Pierre, os pais o colocaram em aulas de canto, texto e leitura, tudo para ele fazer uma boa interpretação cênica na Arena. “Eu já imagino meu filho na Arena apresentando o Garantido, que é o que ele gosta de fazer e faz com amor”.

Fã número 1 torce para o ‘contrário’

Pierre Cardoso aprende as toadas com o pai, Patrick de Lima, que é cantor e toca na banda Miscigenação há quatro anos. O avô do  pequeno era o fã número um dele e sempre o acompanhava de perto nos eventos em que Pierre fazia apresentação. Apesar do avô torcer para o contrário, nunca incentivou o menino a trocar de boi e sempre esteve com ele em todos os momentos.  

No momento que Pierre foi convidado para representar Linfoldo Monteverde na infância, durante o Festival Folclórico de Parintins do ano passado, toda a família se uniu para torcer e incentivar o jovem e todos tiveram que manter sigilo da apresentação dele até o grande dia, para pegar a galera de surpresa.

Publicidade
Publicidade