Publicidade
Parintins 2017
CIDADANIA

Sejusc faz combate ao abuso sexual de crianças e jovens em Parintins

No período do festival, o órgão vai atuar no processo de informação e conscientização da população 27/06/2017 às 11:29
Show sejusc
A ação terá como lema “Crianças e Adolescentes merecem Proteção - #garantaosdireitos e #caprichenoscuidados” (Foto: Divulgação)
acritica.com Parintins (AM)

A Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) realizará, durante o 52º Festival Folclórico de Parintins, a Campanha de Enfrentamento à Violência e ao Abuso Sexual contra Crianças e Adolescentes. Na edição especial dedicada a Parintins, a ação terá como lema “Crianças e Adolescentes merecem Proteção - #garantaosdireitos e #caprichenoscuidados”.

“Ela é um desdobramento da campanha que começou dia 18 de maio e que realizamos todos os anos. Na versão 2017, vamos trabalhar em Manaus preventivamente para evitar que meninas e meninos possam ir a Parintins desacompanhados ou acompanhados de pessoas que não sejam seus pais ou responsáveis”, informou a secretária estadual de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania, Graça Prola.

A titular da Sejusc ressaltou que, em Parintins, o órgão vai atuar no processo de informação e conscientização da população. “Atuaremos fornecendo informações para que toda a população lembre que exploração sexual de crianças e adolescentes é crime que precisa ser denunciado”, disse Graça Prola.

Ela explicou que, na capital, as ações serão concentradas na orla da cidade, no Mercado Adolfo Lisboa e saída das embarcações com destino à Ilha Tupinambarana. “E vamos estar também no Pontão Chapa Quente, que fica próximo ao Encontro das Águas, onde a Marinha Brasileira faz todos os anos a parada obrigatória para fiscalizar a segurança dos barcos e nós fiscalizamos a questão de crianças e adolescentes desacompanhados”.

Conscientização – Para realizar o trabalho de conscientização da população de Parintins e, principalmente, dos visitantes da festa, a Sejusc irá prestar esclarecimentos e fazer abordagens socioeducativas, entregando folhetos com informações de como proceder para fazer denúncias.

“Estamos levando material informativo para fixação nos bares, restaurantes, hotéis, motéis, pousadas, nos barcos e orla de Parintins. Durante os dias de festival, 30 de junho, 1º e 2 de julho, estaremos com as equipes da Prefeitura de Parintins trabalhando também a questão sobre trabalho infantil e os casos de exploração sexual que ocorram”, comentou Graça Prola.

Para realizar a campanha durante o Festival de Parintins, a secretária Graça Prola irá aplicar, nesta quarta-feira, uma oficina de alinhamento para a equipe de atuação local.

 

Publicidade
Publicidade