Publicidade
Parintins 2017
causos e histórias

Aos 90 anos, a coleção é ‘garantida’ para esta torcedora parintinense

Além do boi-bumbá de Parintins, colecionar praticamente qualquer coisa é outra paixão da dona Jandira Almada da Silva 23/06/2016 às 21:53 - Atualizado em 25/06/2016 às 12:57
Show velinha
A parintinense Dona Jandira Almada é torcedora do boi-bumbá Garantido e tem mais de 100 bonecas no seu quarto (fotos: Aguilar Abecassis)
Paulo André Nunes Parintins (AM)

Dona Jandira Almada da Silva é dessas parintinenses que são a simpatia em pessoa. Aos 90 anos, a torcedora do Boi Garantido recebeu a reportagem de A CRÍTICA para mostrar uma outra paixão, além do bumbá da Baixa do São José: as coleções, entre elas a de bonecas e bichos de pelúcia, acumulados ao longo dos últimos 15 anos.

Todos carinhosamente guardadas no quarto dela, um verdadeiro cenário dos sonhos de qualquer menina. E é assim que ela se vê. Nos cálculos dela,  a coleção já possui mais de 100 unidades, que vão desde modelos como a tradicional “Meu Bebê”, passando por outras menos famosas, mas que estão guardadas no coração da parintinense.

“Comecei a colecionar as bonecas há muitos anos, a partir de presentes que eu ganho das pessoas no aniversário ou no Dia das Crianças. As primeiras foram duas ‘Meu Bebê’, depois veio a ‘Trelelê’,  ‘Meu Sorriso’ e por aí vai. Ganho até de Manaus. Não tenho uma preferida: todas são importantes para mim. Mas também coleciono copos, canecas, ursinhos de pelúcia...”,  conta Dona Jandira, que teve 22 filhos, mais de 50 netos e bisnetos e 3 tataranetos.

O batalhão  foi criado por ela com a renda que vinha da venda de sabão de soda e da geleia e salame de cupuaçú. Viúva de Zomar Reis e Silva, ela confecciona redes de dormir que são vendidas por algumas das filhas.  “A de brim custa R$ 150 e a de pano camuflado vendemos por R$ 200”, conta a altiva dona Jandira.

Publicidade
Publicidade