Quinta-feira, 06 de Agosto de 2020
YANOMAMI

'A festa representa a luta para defender a Amazônia', diz Davi Kopenawa

Líder indígena participou do ato final da apresentação do Caprichoso na noite desta sexta-feira e disse que ficou muito emocionado com a festa



Kopenawa2_7983B81C-CB75-4B12-A8B0-CFB2B416AD7E.jpg (Foto: Euzivaldo Queiroz)
29/06/2019 às 02:24

Em tempos de discussão sobre as demarcações das terras indígenas, o principal líder etnia Yanomami, Davi Kopenawa, foi convidado pelo Boi Caprichoso para participar do 54º Festival Folclórico de Parintins e mostrou a força do índio no meio do Bumbódromo sem esconder a emoção.

Sob aplausos, o indígena “abençoou” o Boi da Francesa a pedido do apresentador Edmundo Oran. Sobre a participação na festa dos bois, Kopenawa disse estar feliz por ter a chance de conhecer o Festival de perto e ver a cultura indígena sendo exaltada pelos brincantes.



“Muito bonito, muito bom, bem organizado e muita gente veio pra participar e cantar. Eu fiquei muito emocionado, nunca participei, é a primeira vez que estou aqui. Me chamaram pra conhecer e fico feliz de ver minha cultura bem representada e respeitada”, diz o líder indígena.

Importante nome na luta pela preservação indígena, Kopenawa ressalta que o festival é um grito de todas as etnias na defesa do meio ambiente e que a parceria firmada com o Boi Caprichoso vai para além dos limites da festa, sendo uma importante ferramenta na batalha contra os invasores.

“(A festa) representa a luta, a luta para defender a nossa floresta amazônica, para defender nosso planeta terra, então nós, eu yanomami, estou junto com o Caprichoso. Nos aproximamos para lutar juntos e brigar contra os invasores, o que acontece há bastante tempo, então estamos juntos”, crava Kopenawa.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.