Publicidade
Parintins
BRINDE

A CRÍTICA lança disco com as toadas dos bois do Festival Folclórico de Parintins 2018

O item faz parte de um conjunto de brindes dos bumbás que virão encartados no jornal ao longo da próxima semana, incluindo copos e pôsteres em homenagem às associações folclóricas 16/06/2018 às 17:12
Show cds bumbas
Os leitores do A Crítica terão em mãos o CD especial contendo as dez principais toadas dos bois Garantido e Caprichoso (Foto: Divulgação)
Alexandre Pequeno Manaus (AM)

Quem adquiriu o jornal A CRÍTICA deste domingo (17), através de assinatura ou compra nos principais pontos da cidade, certamente já tem em mãos o CD especial contendo as dez principais toadas dos bois Garantido e Caprichoso para o 53º Festival Folclórico de Parintins. O item faz parte de um conjunto de brindes dos bumbás que virão encartados no jornal ao longo da próxima semana, incluindo copos e pôsteres em homenagem às associações folclóricas.

“Sempre que as pessoas lembram dos brindes do jornal A CRÍTICA elas lembram do copo e dos CDs, que são dois itens que não podem faltar”, afirma o gerente de Marketing Corporativo da Rede Calderaro de Comunicação (RCC), Rodrigo Barros. 

Segundo ele, os fãs podem ficar atentos: no dia 19, quem comprar o jornal recebe gratuitamente um copo com as cores do Boi Garantido e, no dia 21, um copo nas cores do Caprichoso. Os pôsteres sairão entre os dias 18 a 23 deste mês.

Sabedoria Popular: Uma Revolução Ancestral

O disco com as novas toadas do Boi Caprichoso foi lançado com grande festa em 28 de abril, em Manaus, durante evento que contou com a presença dos itens oficiais, além da Marujada de Guerra e participações dos grupos de dança e torcidas oficiais. Em Parintins, o lançamento ocorreu em 21 de abril, no Curral Zeca Xibelão. O disco teve produção musical de David Assayag, Sidney Rezende, Neil Armstrong e La Bamba.

Um dos pontos altos do CD do Caprichoso é a presença marcante da cantora Alcione na faixa “Boi Negro”, composição de Moisés Colares, Raurison Nascimento, Frank Azevedo e Ricardo Linhares.

“Nós tivemos a prova de que essa revolução pela sabedoria popular ele iniciou pelo conhecimento das pessoas. Os compositores mais tradicionais brincaram com elementos, com sons novos, e abriram um pensamento contemporâneo. Está dado o primeiro passo para a revolução do título de 2018”, afirma o coordenador do Conselho de Arte, Ericky Nakonome.

O estudante de comunicação social da Ufam de Parintins, Arcenildo Souza, 22, afirma que o CD “Sabedoria Popular: Uma Revolução Ancestral” é um dos melhores que o bumbá azul já realizou nos últimos anos.

“Entre as toadas que, ao meu ver, sacodem os torcedores está a toada ‘Boi de Negro’, que tem a participação da cantora Alcione”, afirma ele. “Minha expectativa é que o festival vai ser um grande evento, até porque trata-se de um ano comemorativo, os 30 anos de Bumbódromo. Como torcedor azul e branco, torna-se mais significativo porque depois de vários anos, com toda certeza, seremos bicampeões”, ressalta o torcedor.

 

Auto da Resistência Cultural

O Boi Garantido lançou o CD 2018 “Auto da Resistência Cultural” em 24 de março, em Parintins, e em 31 de março, em Manaus. Ao todo, foram 30 dias de pré-produção, produção, gravação, mixagem. A voz principal é de Sebastião Jr. e as faixas contam com participação de Israel Paulain, Márcia Siqueira, Emerson Maia, coro uníssono dos intérpretes Robson Júnior, Leonardo Castelo, Salomão Rossy, Márcia Novo, Carlinho do boi e Ricardo Lira. 
A toada “Perrechés do Brasil” trouxe os intérpretes de renome nacional Xande de Pilares, Anderson do grupo Molejo, Dudu Nobre, Andrezinho do Molejo e ainda o compositor carioca Ivo Meirelles. “Estou feliz pela aceitação e repercussão que a toada está tendo”, revelou o compositor vermelho Ivo Meireles.

A produção musical foi feita pelos músicos Alder Oliveira, Paulinho do Sagrado, Enéas Dias e Pelado. Segundo Alder, “a proposta é inovar com timbres diferenciados, backs com arranjos trabalhados, percussão afinada e bem executadas pelos batuqueiros da Baixa”.

O torcedor do bumbá vermelho Breno Nogueira, 22, afirma que o atual CD trouxe toda a história do Garantido e pelo título “Auto da Resistência Cultural” já se pode perceber o resgate dessa tradição. 

“Isso mostra a força da nossa cultura e principalmente a garra da nação encarnada. A toada ‘Perrechés do Brasil’ já é hit do Festival Folclórico de Parintins 2018 e com certeza de muitos anos que virão”, destaca.

Breno ainda dá suas impressões sobre o festival deste ano. “O Garantido vem grande e magnífico mostrando como se faz um verdadeiro espetáculo que sempre fez e eu novamente estarei lá para somar com o meu boi e ser campeão 2018, não é a toa que é 31 vezes campeão”, diz ele, esperançoso.

CAPRICHOSO

1 - Sou a Galera

2 - Festança multicultural

3 - Boi de Negro

4 - Revolução de um povo

5 - Terra: Mãe Ancestral

6 - Imbatível Galera

7 - É dia de boi

8 - Traidor

9 - O boto romanceiro

10 - Azulou

 

GARANTIDO

1 - A coisa mais linda do mundo

2 - Desejo de Catirina

3 - As cores da fé

4 - Etnias

5 - Auto da Resistência Cultural

6 - Exército Vermelho

7 - Consciência Negra

8 - Nasci pra ser vermelho

9 - Décima Quarta evolução

10 - Perrechés do Brasil

Publicidade
Publicidade