Sexta-feira, 20 de Setembro de 2019
BOI AZUL

Caprichoso abre segunda noite com homenagem as mátrias religiosas

A cantora Mara Lima interpretou a toada Matriarca caminhando na arena do Bumbódromo em procissão com os itens oficiais e um andor com a imagem de Nossa Senhora do Carmo, padroeira de Parintins



IMG_7204_388B24A2-8F03-4317-9722-8252DB7A916F.JPG (Foto: Euzivaldo Queiroz)
29/06/2019 às 20:31

O Caprichoso abriu a segunda noite do 54º Festival Folclórico de Parintins neste sábado (29), com uma grande homenagem as mátrias religiosas cristãs, negras e indígenas.  A cantora Mara Lima interpretou a toada Matriarca caminhando na arena do Bumbódromo em procissão com os itens oficiais e um andor com a imagem de Nossa Senhora do Carmo, padroeira de Parintins.

O carro “Matriarca” trouxe as heranças cristãs de algumas religiões, como Nossa Senhora Aparecida, Iemanjá e Mãe Terra representando a pluralidade da fé brasileira. A grandiosa alegoria foi confeccionada pelos artistas Aldenilson Pimentele Paulo Pimentel.

Uma trilha com batuques recepcionou os Tuxauas que evoluíram acompanhados por tribos indígenas. O amo Prince do Boi tirou versos enaltecendo a conexão Parintins-Maranhão acompanhado por grupos folclóricos.

“No Braseiro da Fé, Esperança é minha Luta” é o tema que o boi azulado desenvolve nesta noite.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.