Quarta-feira, 12 de Agosto de 2020
HOMENAGEM

Ao som da toada 'Maria é Deus', Caprichoso emociona com 'Matriarca'

A alegoria faz uma justa homenagem às todas as mátrias folclóricas do país. A grandiosa obra é assinada pelo artista Makoy Cardoso e celebra as “Marias brasileiras”



IMG_9229_1E199D4A-FCDE-4C78-BFE4-8156E146CCA4.JPG (Foto: Euzivaldo Queiroz)
01/07/2019 às 00:20

Seguindo o conceito inicial que este ano exalta a mulher e o empoderamento feminino, o Caprichoso levou para a arena do bumbódromo a alegoria Matriarca trazendo as “Mestras do Saber Popular” em destaque. 

O carro faz uma justa homenagem às todas as mátrias religiosas. A grandiosa obra é assinada pelo artista Makoy Cardoso e celebra as “Marias brasileiras”.



Para evolução do conceito “Matriarca do Saber Popular”, a cantora Paula Gomes interpretou a música “Maria é Deus” enquanto os grupos folclóricos Tambor de Minas, Orixás, Maracatu Manaus, Quadrilha Gald, Justiceiros e da Ciranda evoluíram na arena.

Nos momentos finais da toada, o boi Caprichoso surgiu e evoluiu mais uma vez. Ainda do carro “Matriarca”, veio a Sinhazinha da Fazenda Valentina Cid.

Nesta noite, o boi da Francesa tem como tema “O Brasil Que a Gente Quer Reinventar”, e faz uma análise sobre as mazelas sociais que vivemos como a violência e intolerância. Na busca pelo tricampeonato, o Touro Negro desenvolveu nos três dias o tema “Um Canto de Esperança para Mátria Brasilis”, que fala dos valores de um povo guerreiro que supera, a cada dia, as intempéries de tempos sombrios.  

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.