Publicidade
Parintins
ARRASE!

Confira dicas para se maquiar nas cores do Festival Folclórico de Parintins 2018

Para que ninguém se atrase e curta todos os momento de uma das festas folclóricas mais bonitas do planeta, três repórteres do Portal A Crítica aceitaram o desafio e foram maquiadas no clima do Festival 21/06/2018 às 19:16
acritica.com Manaus (AM)

Foi dada a largada para o Festival Folclórico de Parintins 2018. Então, é importante que a mulherada já vá logo preparando o look, acessórios e principalmente a maquiagem para os três dias de evento, que começa a partir do dia 29 e segue até o dia 1° de julho, na Ilha Tupinambarana.

Para que ninguém se atrase e curta todos os momento de uma das festas folclóricas mais bonitas do planeta, três repórteres do Portal A Crítica aceitaram o desafio e foram maquiadas pela profissional Samantha Campos no clima do Festival. Primeiro, a jornalista Amanda Guimarães foi toda produzida com as cores do Boi Caprichoso.

Segundo a maquiadora, quem deseja torcer pelo Touro Negro na arena, que tenta neste ano o bicampeonato, precisa apostar nas cores da própria associação cultural. "Sempre é bom apostar nas cores azul e preto, principalmente nos olhos. Não precisa ser algo elaborado, mas precisa demonstrar o amor da pessoa pelo boi. O batom não precisa ser tão forte", comentou.

Para incrementar a make, a recomendação é fazer algum traço indígena para relembrar um dos itens do Festival: a cunhã-poranga. "Você aposta nos olhos e depois pode acrescentar uns traços comuns dos indígenas. Pode desenhar com um lápis de olho mesmo. Quem quiser pode apostar também em um brinco de pena na cor azul", afirmou.

Make do Garantido

Para quem deseja torcer para o Boi Garantido, a dica é apostar na cor vermelho. A jornalista Isabella Pina, representa o Boi do Povão na produção da maquiadora Samantha. "Tentei fazer uma maquiagem que qualquer um conseguisse fazer em casa. A mulherada que vai entrar na galera do Garantido deve apostar no vermelho e até um vinho, além de um delineado de gatinho para os olhos serem o destaque da make", comentou.

Assim como na maquiagem do Caprichoso, as torcedoreas do boi vermelho e branco podem também fazer traços que lembram as mulheres indígenas. Mas claro, sempre na cor do boi preferido. "Os traços são para lembrar a mulher indígena, a mulher do Amazonas", completou.

Maquiagem neutra

Quem deseja curtir o Festival Folclórico de Parintins 2018 de forma neutra, não torcendo por nenhum dos bumbás, pode produzir uma maquiagem sem as cores utilizadas pelas associações folclóricas. A jornalista Larissa Cavalcante foi maquiada com as cores neutras, como marrom, nude e amarelo. Os interessados podem entrar em contato com a maquiadora por meio do número: (92) 99436-3090.

Publicidade
Publicidade