Sábado, 14 de Dezembro de 2019
NEGOCIAÇÃO

Diretoria do Caprichoso fecha acordo e evita leilão de galpão do bumbá

Ação judicial estava em trâmite na 8ª Cível da Comarca de Manaus desde 2016, por conta de uma dívida atualizada no valor de R$ 484 mil, por prestação de serviços de estamparia Equilíbrio



WhatsApp_Image_2019-09-06_at_15.44.06_16417BAB-4BE5-45FD-8831-6266DB8EE94D.jpeg (Foto: Divulgação)
06/09/2019 às 15:53

O primeiro acordo da gestão de Jender Lobato e Karu Carvalho já foi firmado para evitar o leilão de um dos galpões de alegorias da Associação Cultural Boi-Bumbá Caprichoso. O presidente do bumbá, Jender Lobato, com o advogado do Caprichoso, Rodrigo Porto, reuniu com a empresária Ana Paula Perrone, acompanhada do advogado, Fábio Mendonça, para definir acordo do débito com a empresa Equilíbrio.

A nova presidência do Boi Caprichoso buscou resolver a ação judicial em trâmite na 8ª Cível da Comarca de Manaus desde 2016, por conta de uma dívida atualizada no valor de R$ 484 mil, por prestação de serviços de estamparia. O acordo celebrado entre as partes faz parte do Comitê de Crise do Boi Caprichoso que tem, como objetivo, a negociação dos débitos com os credores da associação cultural. 



De acordo com Jender Lobato, é importante fazer uma auditoria para ficar por dentro de toda a real situação do Boi Caprichoso e, assim, montar o projeto de arena 2020, sem correr riscos de leilão, sequestros de recursos, entre outros problemas. "É um compromisso firmado ainda em campanha e eu não vou me cansar de trabalhar para diminuir as dívidas do Caprichoso, em que a gente consiga pagar os débitos, proteger os patrimônios, evitar os leilões e, ao mesmo tempo, fazer uma bela apresentação na arena", assegura Lobato. 

"Graças a nossa credibilidade, a confiança e ao respeito que a empresária tem conosco, conseguimos celebrar um acordo que será pago nos três anos de nossa gestão. Vamos, se Deus quiser, com esse acordo, evitar que o Caprichoso perdesse um de seus galpões de alegorias que seria fruto de um leilão que ocorreria em breve por conta desse débito", ressalta Jender Lobato. 

Essa é a primeira grande ação da nova gestão da Associação Cultural Boi- Bumbá Caprichoso, na primeira semana de trabalho, para resolver os problemas judiciais. A ação da diretoria já demonstra o compromisso de proteger os patrimônios, ameaçados por leilões, para pagamento de dívidas. A nova presidência vai prosseguir com o Comitê de Crise para solucionar demais pendências nos próximos 90 dias.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.