Publicidade
Parintins
BOI-BUMBÁ

Garantido e Caprichoso 2018: diretorias falam sobre estreias e despedida no Festival

Garantido estreia com três novos itens e Caprichoso prepara despedida da rainha do folclore 24/06/2018 às 09:26 - Atualizado em 25/06/2018 às 15:02
Show garantido e caprichoso
Do lado vermelho, o vice-presidente e o presidente do Garantido. Do azul, o presidente do Caprichoso e o coordenador do Conselho de Arte da agremiação. Fotos: Márcio Silva
Rafael Seixas Parintins (AM)

Confiança é o que não falta para as duas agremiações que compõem o Festival Folclórico de Parintins, marcado para ocorrer de 29 de junho a 1° de julho na Ilha Tupinambarana. A nação vermelha e branca elaborou um espetáculo onde a diversidade cultural terá presença marcante, segundo a diretoria do Boi Garantido.

Esse ano também será marcado pela mudança, afinal o boi da Baixa de São José apresenta na Arena do Bumbódromo três itens femininos estreantes. A ex-rainha do folclore, Isabelle Nogueira, que assumiu o posto de cunhã-poranga; Edilene Tavares que oficialmente vai iniciar sua carreira como porta-estandarte do Garantido, após substituir ano passado às pressas Nabila Barbosa que, por sua vez, foi a substituta de Daniele Tapajós; e Brenda Beltrão fica à frente do item rainha do folclore no lugar de Isabelle.

“O Boi Garantido está preparando um grande espetáculo. É um boi grandioso que vai emocionar e surpreender do início ao fim de sua apresentação. Vamos explorar muito bem o tema deste ano e vamos vencer o festival. Uma das principais questões enquanto diretoria e comissão de arte era buscar o novo, inovações e surpresas para que a gente possa de fato nos fortalecer”, disse o presidente da agremiação, Fábio Cardoso.

Ele garante que as mudanças feitas estão trazendo bons resultados e que toda agremiação está segura com os seus itens. “Com certeza estão preparados. A estreia da Isabelle como cunhã-poranga é importante, assim como da Edilene como porta-estandarte e da Brenda como rainha do folclore. O time de itens está muito bom”, finalizou Cardoso.

O Garantido trabalha este ano com a temática “Auto da Resistência Cultural”, trazendo marcas do passado e do presente do boi da Baixa de São José, porque na nação encarnada está vivo o sentimento do fundador, Lindolfo Monteverde, de resistir culturalmente.

Força azulada

Do lado azul e branco, o Caprichoso também aposta na inovação, mas não de itens. A galera do touro negro será presenteada com o aplicativo “Constelação Azul” que, a partir dos celulares de seus torcedores, vai formar mosaicos e letreiros que podem ajudar na hora de obter uma boa nota no item 19.

O Caprichoso leva para a Arena do Bumbódromo o espetáculo “Sabedoria Popular - Uma Revolução Ancestral”. A proposta do bumbá é levar a atmosfera multicultural da Amazônia para as três noites do festival. Segundo o presidente da agremiação, Babá Tupinambá, está tentando quebrar um novo tabu este ano. Dessa vez, segundo ele, o objetivo é conquistar o bicampeonato e acabar com o jejum de dez anos.

“A expectativa desse ano é maior do que ser campeão. Esse [bicampeonato] é um título que a gente não conquista a mais de dez anos. Então o nosso compromisso é maior do que o ano passado. Em 2017, nós quebramos um tabu. O presidente eleito nunca tinha ganhado o primeiro ano. Vamos quebrar mais um este ano e seremos bicampeões após dez anos”, garante Tupinambá, que está preparando uma despedida emocionante para Brena Dianná que deixa o item rainha do folclore após uma década.

O presidente até tentou fazer com que a Miss Amazonas 2016 adiasse a despedida do item 8, mas não deu certo. Ele respeitou a decisão da jovem de 25 anos e está preparando uma grande homenagem na Arena para Brena. “Procuramos fazer uma alegoria com muito carinho para ela onde terá mais aparições”.

Publicidade
Publicidade