Quinta-feira, 02 de Julho de 2020
GARRA VERMELHA

Pajé e Cunhã-Poranga do Garantido fazem show coreográfico na Celebração Poracê

Poracê é uma festa feita pelos indígenas para comemorar o nascimento, o sucesso de uma pessoa na caça ou na pesca



euzi.JPG Foto: Márcio Silva
01/07/2018 às 22:20

Junto com os tuxauas o Pajé André Nascimento entrou na Arena do Bumbódromo, nesse domingo (1º), em seguida veio a Cunhã-Poranga Isabelle Nogueira para participar da Celebração Indígena – Poracê.

Um show de coreografia e sincronismo foi dado na Arena do Bumbódromo.  O Pajé metamorfoseou em cobras indígenas. Poracê é uma festa feita pelos indígenas para comemorar o nascimento, o sucesso de uma pessoa na caça ou na pesca, a vitória nas guerras e até mesmo a morte como passagem para uma nova vida.



A alegoria, no entanto, não entrou na Arena. A obra teria sete módulos, que homenageariam o líder indígena Kayabu, e o tuxaua e pajé Prepori, que viria representado no módulo central da estrutura alegórica.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.