Domingo, 17 de Novembro de 2019

Romaria das Águas marca fim dos festejos à Nossa Senhora do Carmo em Parintins

A celebração faz parte do maior evento religioso do Baixo Amazonas e é considerada a segunda maior do Norte, ficando atrás apenas do Círio de Nazaré, no Pará



37176888_502033286920958_474573523768049664_n.jpg Foto: Divulgação/Yuri Pinheiro
15/07/2018 às 17:50

A tradicional Romaria das Águas marcou neste final de semana, em Parintins, município a 369 quilômetros de Manaus, o encerramento dos festejos em homenagem à Nossa Senhora do Carmo, padroeira da Diocese de Parintins.

O evento iniciou no dia 6 de julho e trouxe como temática para 2018 “Maria e as Vocações: na Família, na Igreja e no Mundo” e o lema “Fazei tudo o que Ele vos disser”. A celebração faz parte do maior evento religioso do Baixo Amazonas e é considerada a segunda maior do Norte, ficando atrás apenas do Círio de Nazaré, em Belém, no Pará.



Para a Romaria das Águas foi construída uma imagem da santa que, sustentada por uma estrutura metálica, se deslocou por meio de balsas entre a comunidade Boca do Leão até a sede do município de Parintins. O cortejo foi acompanhado por centenas de barcos em todo o trajeto da procissão.

Um detalhe curioso é que a alegoria, moldada à semelhança da imagem de Nossa Senhora do Carmo, bem como a romaria, são idealizadas pelo artista plástico Juarez Lima como o rito para pagar uma promessa alcançada.

O coordenador da festa, o padre Jânio Negreiros, explicou que o tema central desse ano está relacionado ao ano vocacional da paróquia e também celebra os três séculos da aparição de Nossa Senhora Aparecida. “A partir dessa motivação nós, durante os 11 dias, celebramos a nossa fé por meio da eucaristia nas diversas celebrações que tivemos diariamente”, declarou.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.