Quinta-feira, 24 de Setembro de 2020
BOI VERMELHO

Vindo de barco a motor, Garantido apresenta ‘Boi de Arena’ e revista bilíngue

O Garantido divulgou na tarde desta quinta-feira (27), a apresentação do seu roteiro de arena, dentro do tema "Nós, o Povo", para as noites de 28, 29 e 30 durante o 54° Festival Folclórico de Parintins



01_00354C6B-679C-4B31-82FC-7275740C793D.jpg Vindo de barco a motor, Garantido apresenta ‘Boi de Arena’ e revista bilíngue (Foto: Euzivaldo Queiroz)
27/06/2019 às 18:25

O Boi Garantido inovou mais uma vez e, em vez de salões e casas sofisticadas, escolheu o Mercado Municipal Leopoldo Neves, para a apresentação do seu roteiro de arena, dentro do tema "Nós, o Povo", para as noites de 28, 29 e 30 durante o 54° Festival Folclórico de Parintins.

 A apresentação iniciou de forma emocionante: com a execução da toada antológica "Vermelho", por parte do professor e violonista paraibano Huck Bezerra. "Esta é apenas uma parte do que vamos apresentar nas três noites do Festival de Parintins", conta o presidente Fábio Cardoso.



"Desde setembro estamos trabalhando nesse projeto que é a cara do Boi Garantido. Nos, o Povo. Iremos retratar a liberdade, o Mestre Lindolfo Monteverde, um caboclo alegre que sempre honrou Parintins. Preparamos um boi imponente e grandioso e que irá emocionar a todos que estão na cidade. Seremos os grandes campeões do Festival. Muito prazer, meu nome é povão", falou Messias Cursino, vice-presidente da associação folclórica

A utilização indevida de produtos relacionados aos bois foi alertado pelo diretor da Manah Produções e Eventos, André Guimarães.  "Seremos vigilantes e não aceitaremos mais ser pirateados por ninguém", declarou ele, parceiro dos dois bois.

O experiente Fred Góes, membro da Comissão de Arte, falou das mudanças que o Garantido fez a partir de 1999, ano de criação da comissão e da fundamentação dos temas do Boi.

"Há 20 anos criamos a Comissão de Arte e acabamos com o achismo e passamos a buscar fundamentação. E com o projeto 'Nos, o Povo, o Garantido avança novamente. O espetáculo das três noites vai marcar que o Garantido é o boi da tradição e da vanguarda. Nossos artistas investem no coração e o Garantido será vitorioso, não tenho dúvida nenhuma. O coração do povo da Baixa vai pulsar e estar presente. O coração do nosso Mestre Lindolfo Monteverde", destaca Fred Góes, membro da Comissão de Arte do Garantido.

"Antes do mês de junho o povo é tricicleiro; em junho vira tuchaua. Se eu estou aqui falando é porque três gerações da minha família lutaram", disse Susan Monteverde, neta do fundador do Boi, Lindolfo Monteverde.

Ao final da coletiva, uma surpresa inesperada: o Boi Garantido veio em "pessoa" em um barco a motor, emocionando ainda mais a todos no Mercado Municipal de Parintins.

Revista bilíngue

Além da apresentação do Boi de arena, o Garantido também lançou, durante a coletiva, a sua revista oficial 2019. A publicação tem 122 páginas e uma proposta de ter duas capas em uma mesma revista. Enquanto uma oferece um conteúdo voltado para os três dias de espetáculo, a outra capa traz artigos e reportagens e apresentação dos itens.

"As revistas vêm desde 2000 para auxiliar a imprensa. Em 2019 ela vem bilíngue e esperamos que seja assim daqui pra frente. E nos próximos anos quem sabe em inglês e espanhol também", ressaltou o jornalista Allan Rodrigues, coordenador editorial da revista e membro da Comissão de Artes.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.