Publicidade
Rio 2016
Ginástica

Arthur Zanetti é superado por ginasta grego e fica com a prata nas argolas

Campeão na modalidade em Londres-2012, brasileiro fez bela exibição e garantiu presença no pódio 15/08/2016 às 13:58
Show zanetti
Brasileiro deu show de força e precisão nas argolas / Foto: Rio 2016
Lorenna Serrão Rio de Janeiro (RJ)

A missão não foi fácil, mas Arthur Zanetti, mais uma vez, deu um show de força e precisão nas argolas. Porém, o brasileiro não conseguiu superar o grego Eleftherios Pettounias, que com 16.000 ficou com o ouro nos Jogos do Rio-2016, nesta segunda-feira, dia 15, na Arena Olímpica, no Rio de Janeiro. O brasileiro ficou com prata ao fazer uma exibição quase perfeita e atingir a nota de 15.766.

Dênis Abliazin, da Russia, marcou 15.700 e levou o bronze.

Por uma estratégia ainda na fase classificatória, quando optou por uma série simples que o garantiu o quinto lugar entre os finalistas, Zanetti foi o ultimo a se apresentar. Assim que pisou na arena, o ginasta recebeu todo o carinho e apoio do público presente, que gritou fortemente "Brasil!" "Brasil!".

E após uma saída com duplo mortal e uma  pirueta, Zanetti comemorou muito junto com o treinador Marcos Goto e claro, com a torcida, que mesmo com a prata conformada continuou fazendo festa e gritando o nome do atleta.

Arthur Zanetti entrou para a história ao se tornar o primeiro ginasta brasileiro a conquistar uma medalha olímpica, após garantir o ouro nos Jogos de Londres-2012.

Agora a ginástica artística do Brasil tem no total três medalhas olímpicas na edição 2016 dos Jogos. Duas de prata, com Zanetti e Diego Hypolito, e  um bronze com Arthur Nory.

Publicidade
Publicidade