Quarta-feira, 24 de Julho de 2019
O CAMPEÃO VOLTOU

Brasil domina a Itália e conquista o tri olímpico no vôlei masculino

Seleção brasileira pegou velha rival, mas contou com o apoio da torcida para conquistar o título em casa



1039353-21082016-_mg_5635.jpg Desempenho da seleção brasileira foi impecável na final / Foto: ABr
21/08/2016 às 14:08

É ouro! O Brasil venceu a Itália por 3 sets a 0 (25 a 22/ 28 a 26/ 26 a 24) na final do vôlei masculino dos Jogos do Rio 2016 e conquistou o tricampeonato olímpico. A decisão aconteceu neste domingo, no Maracanãzinho, Rio de Janeiro. Após ser prata nas duas últimas edições das Olimpíadas (Pequim 2008 e Londres 2012), a seleção de Bernardinho volta ao lugar mais alto do pódio no Brasil. Esta foi a quarta vez seguida que a equipe brasileira chegou a uma final.

O jogo não foi fácil, a Itália, velha conhecida do Brasil, buscava o inédito ouro olímpico e por isso usou todas as suas armas para tentar alcançar o objetivo. No primeiro set, os italianos largaram na frente e abriram quatro pontos de vantagem. Mas, após boas defesas de Bruninho e alguns erros do adversário, a equipe brasileira encostou no placar e venceu por 25 a 22.


A segunda etapa foi muito mais equilibrada, porém, apesar da diferença de um ou dois pontos, os italianos seguiram boa parte do jogo na frente. O Brasil reagiu e o placar chegou a ficar 24 a 21 para os donos da casa. A Itália pressionou e empatou. A partir daí as duas equipes estiveram muito perto de fechar o set, mas foi com o apoio da torcida que o Brasil conseguiu fechar em 28 a 26 e ficou mais perto do ouro.

No terceiro set, o Brasil marcou o primeiro ponto, mas não demorou muito para a Itália também marcar e as equipes seguirem coladinhas no placar até o final. Só que quem saiu vencedor de quadra foram os brasileiros, que com muita garra chegaram finalmente ao tricampeonato olímpico em casa.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.