Publicidade
Rio 2016
SUPREMACIA

Impecável, dupla alemã tira o sonho do ouro de Ágatha e Bárbara

Brasileiras vinham de jogo quase perfeito, mas sofreram com a dupla alemã e com o vento 18/08/2016 às 00:18
Show agathabarbara
Brasileiras não ofereceram resistência à dupla alemã / Foto: Rio 2016
acritica.com

Não foi dessa vez que Ágatha e Bárbara alcançaram o feito de serem campeãs Olímpicas. A atual dupla campeã mundial não foi páreo para o consistente jogo das alemães Ludwig e Walkenhorst e perdeu a final do vôlei de praia por 2 sets a 0, parciais de 21/18 e 21/14.

Mesmo bastante emocionadas com a derrota e com a fraca atuação após a impressionante vitória contra as americanas Walsh e Ross na semifinal, as brasileiras saíram da areia de Copacabana ovacionadas pela torcida pela conquista da medalha de prata. 

A disputa pelo ouro Olímpico entre as mulheres do vôlei de praia se mostrou bastante acirrado no primeiro set. Se as alemãs davam uma aula de recepção promovendo dois ralis impressionantes, era das brasileiras a conclusão dos pontos decisivos. O que inflamava o público, um mar de verde e amarelo em Copacabana.

Enquanto isso, o vento era um tormento para a dupla brasileira - em dois saques de Ludwig, Ágatha errou a recepção com o desvio do caminho da bola, dando dois pontos de graça às alemãs. Walkenhorst, por sua vez, também se fez presente nos bloqueios. A maior fluidez das alemãs, por fim, fez com que elas fechassem o primeiro set em 21/18.

A dupla brasileira sentiu o golpe da perda do primeiro e entrou desconcentrada na arena para o segundo set. Tudo o que Ludwig e Walkenhorst não estavam: explorando ainda a dificuldade na recepção de Ágatha, elas abriram de cara 6/1. Por mais que conversassem a cada ponto conquistado arduamente diante da consistente performance das alemãs, as brasileiras ainda tinham um outro problema: os erros de saque. Quatro erros levaram a diferença no marcador a 13 a 8. 

Como tem feito em todos os momentos de dificuldade dos atletas brasileiros no Rio 2016, a torcida gritou "eu acredito" e "vai, Brasil" a cada saque. Mas não era mesmo dia de ouro. Impecáveis, Ludwig e Walkenhorst fecharam o segundo set com incontestáveis 21/14. A torcida aplaudiu as brasileiras ao final.

'Lenda' leva bronze ao derrotar brasileiras

Seria até uma destas injustiças da vida se a maior jogadora de vôlei de praia de todos os tempos deixasse os Jogos Rio 2016 sem nenhuma medalha. Pois então, ao lado da parceira April Ross, Kerri Walsh tratou de levar para casa mais um “souvenir”. Elas derrotaram a dupla brasileira formada por Larissa e Talita (2 sets a 1, 17/21, 21/17 e 15/9) e conquistaram a medalha de bronze na noite desta quinta-feira (17), na Arena de Vôlei de Praia de Copacabana. 

Após perder uma invencibilidade que já vinha de 27 partidas Olímpicas, desde Atenas 2004, com a derrota na semifinal para as brasileiras Agatha e Barbara, Walsh melhorou sua marca pessoal ao ser a única atleta da modalidade a conquistar medalhas em quatro Jogos Olímpicos - três ouros e, agora, um bronze.

Publicidade
Publicidade