Publicidade
Rio 2016
Palco de emoções

Maracanã vai receber a abertura e o encerramento dos Jogos Olímpicos do RJ

O torneio das modalidades mais tradicionais das Olimpíadas acontecerá no Mracanã, Maracanazinho e no Engenhão 03/08/2016 às 08:40 - Atualizado em 03/08/2016 às 08:43
Show maraca
O estádio do Maracanã foi inaugurado em 1950 (Foto: Tomaz Silva/ Agência Brasil)
acritica.com Rio de Janeiro

As competições dos esportes mais tradicionais das Olimpíadas acontecerão na Região do Maracanã, na Zona Norte do Rio de Janeiro. O estádio homônimo receberá as partidas finais do futebol, além da cerimônia de abertura, no dia 5, e do encerramento dos Jogos, no próximo dia 21. Já o Engenhão e o Maracazinho sediarão as disputas de atletismo e voleibol, respectivamente. Os torneios de tiro com arco e polo aquático serão realizados no Sambódromo e no Centro Aquático Júlio de Lamare localizados na mesma área. Totalizando cinco locais de competições e cinco esportes.

O estádio do Maracanã, que foi inaugurado na Copa de 1950 e reformado para a Copa do Mundo de 2014, ao lado do Sambódromo é considerado um dos principais ícones da Cidade Maravilhosa e por si só já é um grande atrativo para os turistas que acompanharão os Jogos no Brasil.

Já o Maracanazinho, que faz parte do complexo do Maracanã, é a casa do voleibol desde 1954. Por se tratar de uma modalidade bastante popular, onde em Olimpíadas o Brasil tem sempre chances de conquistar medalhas de ouro, seja com a seleção feminina ou com a masculina, também deve atrair muitos espectadores entre os dias 6 e 20 de agosto, período do torneio de vôlei.

O estádio Nilton Santos, o Engenhão, construído para os Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro de 2007, receberá também algumas partidas de futebol e poderá ser palco de mais um momento histórico dos Jogos Olímpicos. Afinal de contas será lá que Usain Bolt, o maior nome do atletismo da atualidade, poderá conquistar sua 9ª medalha olímpica e entrar para a seleta lista dos maiores campeões olímpicos do planeta. Para isso acontecer o jamaicano terá que vencer as provas dos 100m, dos 200m e do revezamento 4x100m.

Casa do samba

E o Sambódromo dará espaço para as disputas de tiro com arco  e também será o ponto de partida e chegada da maratona, no dia 21. E as piscinas do Centro Aquático Júlio De Lamare receberão, a partir do dia 6, o torneio de polo aquático. Vale lembrar que esta será a primeira vez que a seleção brasileira feminina da modalidade participará de uma Olimpíada e que a amazonense Lucianne Barroncas faz parte da equipe.

“São muitas possibilidades para curtir os Jogos por lá. Os espectadores podem passar a manhã no Maranãzinho assistindo a uma sessão de voleibol e depois partir direto para o estádio João Havelange e testemunhar atletas quebrarem novos recordes em diversas provas ou combinar uma sessão de tiro com arco com uma partida  de polo aquático”, Craig Holland, gerente de planejamento regional da área de Gestão de Instalações do Comitê Rio 2016.

Publicidade
Publicidade