Terça-feira, 23 de Julho de 2019
Amazonense na piscina

Meninas do polo aquático do Brasil perdem para a Austrália na Rio 2016

Com Lucianne Barronas na piscinas, seleção brasileira perde a terceira partida nas Olimpíadas do Rio



IMG_6186.JPG Time brasileiro lutou muito, mas não conseguiu superar as australianas no Centro Aquático Maria Lenk (Foto: Denir Simplício)
13/08/2016 às 11:47

A seleção feminina de Polo Aquático do Brasil perdeu sua terceira partida nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Na manhã deste sábado (13), no Centro Aquático Maria Lenk, no Parque Olímpico da Barra, as brasileiras até tentaram, mas não conseguiram superar a Austrália e foram derrotadas pelo placar de 10 a 3. Foi a despedida do time Brasil na primeira fase, acumulando três derrotas.

Com Lucianne na piscina, o Brasil fez partida dura contra as australianas no início, porém, com maior fluidez na piscina, o time da Austrália foi desenvolvendo seu jogo e abrindo vantagem sobre as brasileiras.

As meninas do Brasil deixavam espaços na defesa que foram muito bem aproveitados pela equipe da Austrália. O apoio vindo das arquibancadas do Maria Lenk empolgou o time brasileiro, que gritava "U, u, u... afoga o Canguru!" quando as australianas partiam para o ataque. Na frente, as brasileiras erraram muito nas finalizações, muito por não saber o momento certo de bater a gol.

Por outro lado, as adversárias aproveitavam muito bem as chances que tinham e saíam em alta velocidade para o ataque. Dessa maneira o placar foi se moldando a favor das australianas, que conquistaram a vitória, a segunda no torneio. Nas duas últimas apresentações do Brasil, o time acabou perdendo para a Itália (9 a 3) e para a Rússia (14 a 7).

Segue na luta

A equipe do Brasil fechou sua participação na fase inicial acumulando três derrotas nas três aprentações até aqui na Rio 2016, mesmo assim avança para as quartas de final do Torneio Olímpico da modalidade. A primeira fase da competição serve para definir o chaveamento das quartas. Como as brasileiras terminaram em último lugar na Chave A - que além de Brasil e  Austrália, ainda conta com Rússia e Itália - a tendência é que o próximo adversário do Brasil seja os Estados Unidos, que é líder no geral.    

As brasileiras voltam a piscina do Centro Aquático Maria Lenk na segunda-feira (15), quando jogam partida eliminatória do torneio de Polo Aquático feminino dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. 

 

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.