Publicidade
Rio 2016
Suécia

'Não viemos a Manaus para passear', avisa o capitão da Suécia

Em coletiva realizada no estádio ontem, o capitão da equipe, Astrid Ajdarevic, e o treinador Hackan Ericson falaram com a imprensa antes da bola rolar 04/08/2016 às 11:17 - Atualizado em 04/08/2016 às 11:19
Show 01
(Foto: Evandro Seixas)
Thaissa Cordeiro

A Suécia entra em campo nesta quinta-feira (4), a partir das 18h (horário de Manaus), para enfrentar a Colômbia, na Arena da Amazônia, pela primeira rodada do Torneio de Futebol Olímpico. Em coletiva realizada no estádio ontem, o capitão da equipe, Astrid Ajdarevic, e o treinador Hackan Ericson falaram com a imprensa antes da bola rolar.

O capitão da seleção sueca, Astrid Ajdarevic, já mostrou a que veio e deixou claro que não veio a Manaus para passear. “Olimpíada não é algo que temos todo ano. Estamos muito animados. Não viemos aqui [em Manaus] para passear. Não somos tímidos; queremos mostrar nosso melhor e, ao mesmo tempo, aproveitar o máximo possível essa experiência. É uma mistura de diversão e grande compromisso”, declarou o jogador.

O técnico da equipe campeã da Eurocopa Sub-21 no ano passado, Hackan Ericson, aproveitou a oportunidade para fazer uma breve análise sobre o adversário desta quinta. O comandante ressaltou o poder ofensivo dos colombianos.

“Vimos muito como a Colômbia joga, assistimos muitos jogos deles. Eles usam o 4-3-2- 1, mas muda muito a formação e variam. Eles têm uma linha extremamente ofensiva. A defesa já é um pouco mais falha, mas são muito fortes e se organizam bem na maior parte do tempo”, revelou.A Suécia está no grupo B ao lado de Colômbia, Nigéria e Japão.

Publicidade
Publicidade