Publicidade
Rio 2016
campeão emocionado

Phelps fala da alegria de disputar mais uma Olimpíada: "Não me sinto pressionado"

O nadador norte americano disse que quer aproveitar sua última participação em Jogos Olímpciso e que o filho estará nas arquibancadas 03/08/2016 às 22:31
Show phelps
O atleta falou com a imprensa nesta quarta-feira (3) (Foto: Reprodução)
acritica.com Rio de Janeiro (RJ)

O maior medalhista dos Jogos Olímpicos, Michael Phelps deu entrevista coletiva nesta quarta-feira (3) no Parque Olímpico. O nadador comentou que as Olimpíadas foram a melhor coisa que aconteceu a ele e que não se sente pressionado em chegar ao pódio na sua quinta participação em Jogos Olímpicos.

"Para mim, conseguir se classificar para competir na equipe olímpica em 2000 (Sydney) já foi muito importante. E, depois, foi melhorando cada vez mais. É uma grande honra. Não tenho palavras", disse.

O nadador que estreou em Sydney (2000) elegeu as Olímpiadas do Rio como a melhor para ele. Escolhido para ser o porta-bandeira da delegação norte-americana, Phelps, que hoje tem 31 anos, disse pretende fazer dos Jogos do Rio a sua última Olimpíada.

"Falei outro dia com meu agente que desta vez será muito mais emocionante do que em outros Jogos. Ser eleito para liderar a equipe na cerimônia de abertura é uma das coisas mais sensacionais que já me aconteceram", disse Phelps, que não se preocupa com a possibilidade de não voltar a ganhar medalhas nas provas que irá disputar: 100 e 200 metros borboleta; 200 metros medley; e, possivelmente, o revezamento dos 4x100 metros medley.

Michael Phelps chegou a ter problema com jogos e drogas, mas em 2014 ele superou tudo para competir os Jogos do Rio e no fim da coletiva exaltou os Jogos Olímpicos.

"Este tipo de história demonstra quão fascinantes e potentes os Jogos podem ser. Estamos juntos, durante duas semanas, de pessoas de lugares, tradições e culturas muito diferentes. Para nos divertir e representar nossos países. Este é o evento mais fascinante no qual pode se estar. Não há outro no qual se possa interagir com tanta gente. Espero que todos eles possam aproveitar. Para mim, os Jogos Olímpicos são a melhor coisa que já me aconteceu", finalizou Michael Phelps.

Publicidade
Publicidade