Segunda-feira, 24 de Junho de 2019
Inflação Olímpica

Torcida faz festa, mas reclama dos preços cobrados nos bares na Arena da Amazônia

Torcedores apontam que os valores dos produtos vendidos no interior do estádio são até 50% mais caros que o normal



45eb7b64-edc8-450f-8378-ca2b2ce2cf53.jpg Preços "salgados" assustam os torcedores na Arena da Amazônia (Foto: Márcio Silva)
04/08/2016 às 20:09

Torcedores que vieram assistir o jogo que abriu o torneio de futebol Olímpico em Manaus criticam os preços abusivos dos produtos vendidos nos bares da Arena da Amazônia. Uma cerveja num copo de 473ml, por exemplo, custa R$ 13. Uma garrafa de água mineral de 500 ml, que fora do estádio custa em média R$ 3, está custando R$ 8 dentro da Arena, o mesmo preço de um salgado ou um sanduíche. 

“Eu estou adorando o espetáculo em si, é a primeira vez que venho assistir a um jogo na Arena da Amazônia, mas os preços estão abusivos. Só eu gastei R$ 50 comprando três sanduíches e dois refrigerantes”, queixou-se o engenheiro Raimundo Expedito, 66, que foi ao estádio com a esposa e a filha. 

Preços assustam os torcedores na Arena da Amazônia (Foto: Márcio Silva)

Um refrigerante de 600 ml está custando R$ 10, quase 50% mais caro do que é vendido foram do estádio. Além da pipoca, que no interior do estádio está sendo comprada a R$ 12 o saco. O administrador Carlos Gonçalves, 34, também achou os preços elevados. “Um copo de cerveja custar R$ 13 é um absurdo. Se eu tomar três copos já são quase R$ 40. Não vale a pena”, reclamou.  

Nesta quinta-feira, jogam as seleções da Suécia e Colômbia, e na sequência Nigéria e Japão fecham o primeiro dia de jogos do Torneio Olímpico da Rio 2016 em Manaus.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.