Quinta-feira, 27 de Junho de 2019
Rio 2016

Trajeto da Tocha em Copacabana é interrompido por manifestações

Penúltimo percurso da Chama Olímpica sofreu alterações por conta de manifestantes pró-Dilma Rousseff



05/08/2016 às 12:41

Festa e decepção no penúltimo percurso do Revezamento da Tocha Olímpica antes do acendimento da Pira dos Jogos Rio 2016, nesta sexta-feira (5), em Copacabana, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Por conta de manifestantes pedindo a saída do presidente em exercício, Michel Temer, o trajeto da Chama dos Jogos teve de ser alterado e encerrou antes de chegar ao local planejado pela organização.

Enquanto milhares de pessoas se aglomeravam para assistir a passagem da Tocha Olímpica por Copacabana, algumas dezenas promoveram um manifesto contra a Olimpíada e a favor da presidente afastada Dilma Roussef. Com gritos de "Fora Temer", os manifestantes fecharam parte da avenida Atlântica e forçaram a mudança do trajeto do Revezamento.

Em meio a confusão armada na Zona Sul fluminense, os derradeiros condutores da Tocha Olímpica ainda tiveram o previlégio de carregar o símbolo dos Jogos em frente a praia mais famosa do mundo. Entre eles, o ex-jogador de futebol Raí, que encerrou o trajeto da Chama no percurso por Copacabana.

O ex-jogador Raí encerrou o Revezamento por Copacabana (Foto: Denir Simplício)

Por causa dos manifestos, o Revezamento por Copacabana, que estava previsto para encerrar em frente ao hotel Copacabana Palace, foi encurtado em pelo menos 1 quilômetro. A alteração no percurso acabou decepcionando milhares de pessoas que aguardavam desde as primeiras horas do dia pela passagem da Tocha.

A empresária Dirce Costa era uma das pessoas que só descobriram que a Tocha Olímpica não chegaria até onde ela estava concentrada pelos policiais que faziam a segurança do comboio Olímpico. "Uma pena. Trouxe meus filhos pra ver a Tocha e ela nem vai passar aqui. Eles poderiam ter avisado antes. Acho que essa manifestação não impediria a passagem dela", disse a moradora de Copacabana, acompanhada dos dos filhos de 7 e 12 anos.

Depois de alterado, o Revezamento Olímpico seguiu para o Pão de Açucar, de onde segue para a Praça Mauá, onde a Pira Olímpica será acesa.   

 

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.