Publicidade
Rio 2016
Mudança necessária

Wallace admite mudança de postura e diz que jogo contra Argentina não tem favoritos

Os brasileiros entraram em quadra com a corda no pescoço, mas conseguiram passar pela França e para as quartas de final 16/08/2016 às 09:48 - Atualizado em 16/08/2016 às 09:50
Show 10
O Brasil assumiu uma postura mais agressiva para se garantir na segunda fase da competição (Foto: Roberto Castro/ Brasil2016)
Camila Leonel Rio de Janeiro (RJ)

De forma suada o Brasil garantiu a vaga para as quartas de final do torneio de vôlei masculino e o jogador Wallace, um dos nomes da partida, disse que a vitória só veio graças à mudança de postura da equipe contra a França.

“Nós conversamos e a gente viu que tinha que mudar. Do jeito que estava não tava mais funcionando. Então os jogadores falaram que não dava mais para ser mansinho. O time mudou a postura e deu certo. A gente precisava de uma cobrança mais ríspida, mais dura para ver se surtia algum efeito”, disse.

E uma dessas mudanças teve como consequência uma equipe mais agressiva em quadra, agressividade que ocasionou em alguns erros do Brasil, mas Wallace garante que não tinha jeito: precisavam partir para o tudo ou nada.

“Acho que hoje era o jogo que tinha q arriscar um pouco mais, principalmente no saque. Em alguns momentos, querendo ou não, a gente vai errar mesmo por estar arriscando. Então nesse jogo, particularmente a gente foi para o... 'piiii”, comentou.

O adversário das quartas é a Argentina, às 21h15, que passou como líder da sua chave. Um desafio para o Brasil.

A Argentina é um time que não chegou como favorito, mas terminou em primeiro da chave. Acho vai ser um jogo difícil. Mata mata não tem favorito, então a gente vai ter que estudar bastante eles e buscar o maior número de erros deles”, avaliou.

Outra esperança de Wallace é que, assim como foi no jogo desta segunda (15), a torcida abrace o time e incentive até o final.

“É sensacional! Ter a torcida sempre nos apoiando em todos os momentos. Nos dois últimos jogos eles vinham fazendo isso e hoje a gente conseguiu retribuir essa torcida com a vitória. Espero que no Brasil e Argentina a torcida abafe bastante o time deles”, finalizou.

Publicidade
Publicidade