DECORAÇÃO

Cores, ambientes e seus significados

Confira o significado das cores na decoração e veja como combiná-las, segundo as dicas da arquiteta Melissa Toledo.

Portal A Crítica
24/01/2022 às 19:11.
Atualizado em 08/03/2022 às 16:00

A pintura de um ambiente, seja ele residencial ou comercial, vai muito além apenas da escolha de uma cor. Esse detalhe pode impactar nas emoções, sensações e mensagens que se pretende transmitir para quem vai olhar o espaço. Na arquitetura, isso é chamado de psicologia das cores e é uma tendência cada vez mais adotada pelos profissionais da área, no momento da elaboração dos projetos.

A coordenadora do curso de Arquitetura e Urbanismo da Faculdade Santa Teresa (FST), Melissa Toledo, ressalta que um ambiente com uma pintura nova, além da sensação de limpo e novo, pode trazer uma vibração especial para as pessoas, conforme a cor escolhida.

Na arquitetura, diz ela, esses efeitos visuais são estrategicamente trabalhados, projetados pelos profissionais na hora de construir e reformar. “Tudo com a finalidade de desenvolver um ambiente que seja ao mesmo tempo criativo e agradável para aqueles que irão frequentá-lo”, frisou.

A coordenadora destaca que, no curso de Arquitetura e Urbanismo da Santa Teresa, o aluno aprende de forma prática, por exemplo, como aplicar a psicologia das cores nos ambientes, através de visitas de observação em prédios públicos e privados, atentando para as diferentes técnicas utilizadas e o objetivo de cada empreendimento.

Segundo Melissa Toledo, as cores são uma excelente forma de imprimir personalidade a um ambiente e, por isso, a escolha das tonalidades deve ser realizada de acordo com as preferências e estilo do usuário. “Não adianta utilizar uma cor que o morador, por exemplo, não se identifica, porque isso vai acabar interferindo na sensação que ele terá sobre o ambiente”, frisou.

Ela destaca que na técnica chinesa de Feng Shui, que tem como um dos objetivos a promoção do equilíbrio por meio da circulação de fluidos, as cores são um dos pontos importantes para renovar e harmonizar as energias de um ambiente. “O uso de cores nos ambientes pode ser feito por meio da pintura de paredes e portas, mas também através da decoração, com o uso de itens como tapetes, quadros, estofados, entre outros”.

Significado

De acordo com Melissa Toledo, a escolha da cor vai depender do gosto pessoal de quem vai utilizar o ambiente e a mensagem que pretende passar. A cor amarela e suas matizes (variações), como o mostarda, representa otimismo, jovialidade. Pode ser usada para estimular atividades intelectuais e a atenção à proatividade.

O branco significa simplicidade, organização, ordem e funcionalidade, estando presente em edifícios modernistas e fachadas residenciais. Já o laranja proporciona vitalidade e dinamismo. Ajuda a mente a abrir-se para novas ideias, podendo ser utilizado em ambientes de trabalho e estudo.

O azul causa impressão de profundidade no ambiente, estimulando a serenidade, paz e repouso. É bastante utilizado na pintura de quarto. O verde simboliza o bem-estar, a saúde, frescor, esperança, segurança, equilíbrio, juventude, tranquilidade e suavidade.

A professora explica que o preto, que é uma cor que muitas pessoas têm restrição em utilizar, transmite seriedade e prudência, mas combinado com outras cores, traz uma sensação alegre.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
© Copyright 2022Portal A Crítica.Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por
Distribuído por