Quarta-feira, 27 de Maio de 2020
Vida Fitness

Especialista orienta sobre os cuidados com as varizes durante treinos

A prática exagerada de musculação é um dos fatores preponderantes para o aparecimento de varizes



Cuidados_varizes_06A539E5-53C0-403D-A138-03E9C79D7C51.JPG Foto: Divulgação
10/03/2020 às 16:20

Passado o feriado de Carnaval, muita gente considera que é hora de voltar à rotina e isso inclui os treinos e a prática regular de exercícios físicos. No entanto, tem um detalhe que a maioria dos praticantes de esportes, especialmente de musculação, desconhecem: a prática em excesso pode ocasionar ou até mesmo agravar o surgimento de varizes.

“Todo excesso é perigoso e quem é predisposto ao surgimento de varizes precisa ter um cuidado extra na prática da musculação – exercício favorito de quem quer deixar o shape em dias – e tomar certos cuidados”, afirmou a médica cirurgiã vascular Fabiana Lo Presti.



Apesar de o sedentarismo ser uma das principais causas das varizes, a musculação também pode facilitar o surgimento do problema, quando realizada de forma desmedida e sem o acompanhamento de um profissional.

De acordo com a especialista, o surgimento das varizes durante a prática de musculação pode acontecer por conta do ato de prender a respiração para levantar o peso, aumentando a pressão intra-abdominal, que dificulta o retorno venoso ao coração. Isso dificulta significativamente o bombeamento de sangue pelo corpo, o que faz que ele fique “estacionado” em determinados pontos, aumentando a pressão nas veias e ocasionando o surgimento das varizes e dos temidos vasinhos.

Cuidados

Para a especialista, o acompanhamento de um profissional de educação física é realmente fundamental para que os exercícios não causem nenhum problema à saúde, mas outros profissionais também devem participar desse acompanhamento.

“Uma consulta com um especialista vascular é fundamental antes do início da rotina das práticas, pois uma avaliação mais minuciosa poderá identificar se aquela pessoa é propensa ou não ao aparecimento das varizes”.

Outro alerta que a especialista ressalta é que esses cuidados não devem ser considerados como impedimento para os exercícios. “Assim como a prática exagerada, o sedentarismo é absolutamente prejudicial á saúde. Tudo precisa de equilíbrio e com o corpo esse cuidado precisa ser levado ainda mais a sério. Com os cuidados básicos é possível tonificar o corpo sem colocar em risco outros aspectos da saúde”, assegurou.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a prática de níveis adequados de atividade física, contribui para o controle do peso corporal e ajuda a melhorar ou evitar a depressão, estresse e ansiedade.

Além disso, promove outros benefícios, como: Reduz o risco de hipertensão arterial, doença coronariana, acidente vascular cerebral, diabetes, câncer de mama e cólon; Reduz o risco de quedas, consequentemente de fraturas.

Mitos e verdades

Calça apertada provoca varizes

Verdade. Além de não ser confortável, ela também comprime a circulação sanguínea, provocando a retenção de líquido, que favorece o aparecimento do problema.

Varizes não tem cura

Mito. O tratamento é multidisciplinar e inclui perda de peso, exercícios físicos, regulação hormonal e, se for necessário, a retirada de agentes causadores externos, como álcool, fumo e medicações.

Meia-calça ajuda a amenizar as varizes

Mito. A meia-calça comum não possui nenhum elemento que ajude a tratar as varizes. O único modelo capaz de atenuar o problema são as meias-calças elásticas compressoras.

Varizes só aparecem em pessoas mais velhas

Mito. Segundo a especialista, a partir da adolescência já é possível visualizar algumas varizes iniciais, porém, o seu surgimento é mais comum após os 30 anos.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.