SEMIFINAL

Feminino Sub-18: Iranduba enfrenta Internacional hoje (08) em Porto Alegre

Meninas do Iranduba vão contar com a estrela da meia-atacante Julia Beatriz, que foi convocada para seleção brasileira feminina sub-20

Gabriel Ferreira
08/09/2019 às 15:33.
Atualizado em 11/03/2022 às 00:45

(Foto: Divulgação)

Depois de uma semana de espera devido à paralisação do Brasileiro Sub-18. As meninas do Hulk finalmente entrarão em campo diante do Internacional, às 14h (de Manaus) deste domingo (08), no Sesc Campestre, Porto Alegre (RS). Esse será o confronto de ida válido pela semifinal da competição nacional. 

E com o grupo totalmente focado para o confronto, o treinador do Hulk João Carlos Cavalo ponderou que a pausa foi proveitosa para recuperação total de jogadoras que apresentavam desgastes físicos e ajustes táticos na equipe depois de duas fases com jogo a cada dois dias. 

“Nós tivemos uma primeira fase e uma segunda fase muito cansativa por conta da sequência de jogos. Essa paralisação foi importante pra recuperar bem algumas atletas, trabalhar algumas questões de posicionamento. Nós conversamos bastante, fizemos algumas palestras, muito trabalho de conscientização. As meninas ainda são bastante jovens, mas assimilam bem o trabalho”, declarou o técnico do Iranduba, que falou o que espera no jogo contra as meninas do time gaúcho.

“Nós vamos enfrentar uma grande equipe, que é uma das favoritas desde quando começou a competição. Internacional, São Paulo e Santos eram as favoritas, e então nós estamos brigando por fora. Mas se a gente continuar trabalhando com os pés no chão, nós sabemos da nossa condição, do nosso potencial, vamos buscar fazer um bom resultado lá, e garantir nossa classificação jogando aqui em Manaus. E particularmente todos nós estamos muito confiantes de que vamos conseguir o resultado”, destacou João Carlos Cavalo.

No radar da seleção

O técnico do Iranduba destacou sobre a convocação da meia-atacante Julia Beatriz e garantiu que isso pode dar injeção de ânimo para as ‘Guerreirinhas do Hulk’. Para o técnico, isso mostra a força do elenco e que várias jogadoras do clube devem estar no radar da comissão técnica da Seleção Brasileira sub-20.

“Acredito que não somente a Julia, mas tem mais algumas atletas que estão sendo observadas pela comissão da Seleção. E é claro que por se tratar uma fase decisiva, a comissão teve toda a sensibilidade de não convocar mais de duas ou três atletas das outras equipes”, frisou o treinador do Iranduba.

O comandante técnico das meninas do Hulk apontou outro fator importante com relação à convocação da camisa 7 do Iranduba, que é o bom trabalho em conjunto  do time amazonense no torneio de base feminino. 

“E acredito que agora com a convocação da Júlia dá uma condição muito boa para as demais atletas, dá muito mais confiança. Até porque a nossa equipe foi muito bem observada, e elogiada nas duas fases anteriores da competição”, concluiu o técnico João Carlos Cavalo.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
Portal A Crítica© Copyright 2022Todos direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por