Pioneirismo

Comunidade de palafitas em Manaus terá rede de esgoto pela primeira vez

Trabalho da Águas de Manaus estabelece uma rede esgoto até então inexistente no Beco Nonato

Lucas Vasconcelos
online@acritica.com
26/11/2022 às 12:33.
Atualizado em 26/11/2022 às 12:33

A iniciativa leva qualidade de vida aos moradores do Beco Nonato, localizado no bairro Cachoeirinha, Zona Sul (Foto: Clovis Miranda)

Mais de 900 moradores do Beco Nonato, localizado no bairro Cachoeirinha, Zona Sul da capital amazonense, serão contemplados por um projeto pioneiro da concessionária Águas de Manaus.

O trabalho, segundo o diretor-presidente da concessionária, Diego Dal Magro, consiste em estabelecer uma rede de esgoto, algo até então inexistente na comunidade. O local já possui sistema de distribuição de água, em uma ação também pioneira, realizada em 2018.

“É mais do que uma nova tecnologia, (levar esgoto) é adaptar o sistema à realidade do local de moradia do Beco Nonato. Foi projetada toda uma infraestrutura, garantindo a fixação da tubulação no lugar”, descreveu o diretor-presidente.

Diego Dal Magro ressaltou a importância da iniciativa por levar qualidade de vida aos moradores do Beco Nonato, tendo em vista a situação em que viviam antes da implantação do projeto. Segundo o diretor-presidente, a previsão para finalização desta etapa é para o primeiro semestre de 2023.

“Os moradores não tinham sistema de esgoto. Os dejetos eram descartados diretamente no córrego do igarapé. Então você tem todo aquele esgoto exposto nas proximidades das residências. E isso é totalmente prejudicial à saúde, pois, sem um sistema de esgoto, há a tendência da população ter doenças por conta da contaminação da água”, ressaltou Dal Magro.

Dignidade

Este foi o caso da dona de casa de 68 anos, Maria Yvone Oliveira, moradora do Beco Nonato há mais de 40 anos. Em entrevista à A CRÍTICA, Yvone contou que, antes da chegada da água tratada no local, era comum que seus familiares adoecessem.

“A água era imunda. Tínhamos água na torneira, mas era suja. A roupa branca não ficava branca. Não tínhamos a quem recorrer, então usamos essa água mesmo. Minha filha acabou ficando doente por conta dessa água”, lembrou.

Yvone, que por muito tempo atuou como doméstica, contou da dificuldade que teve para regularizar o sistema de abastecimento de sua casa, por sempre ter morado em palafitas. A dona de casa declara satisfação ao poder abrir a torneira e ter água limpa em sua casa. E a chegada do sistema de esgoto vai representar ainda mais mudanças.

“Me sinto feliz. Nós éramos muito esquecidos. Nenhuma outra empresa pensou na nossa comunidade, em como vivíamos aqui, na nossa realidade. Ter água tratada e esgoto devido nos dá aquela sensação de dignidade”, declarou Yvone, emocionada, durante a entrevista.

Reconhecimento
 
Vale destacar que a instalação de redes de água no Beco Nonato rendeu à Águas de Manaus o Prêmio Cases de Sucesso em Água e Saneamento 2019, Pacto Global das Nações Unidas - plataforma da ONU voltada para empresas que alinham suas estratégias à sustentabilidade.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
Portal A Crítica - Empresa de Jornais Calderaro LTDA.© Copyright 2023Todos direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por