OBRAS NA ZL

David Almeida e Wilson Lima assinam convênio para construção de parque e viaduto na Zona Leste

Os cerca de R$ 133 milhões para as obras servirão para, além de desafogar o trânsito no local, trazer atrações turísticas também para a Zona Leste da cidade

Giovanna Marinho
online@acritica.com
01/07/2022 às 14:28.
Atualizado em 01/07/2022 às 14:28

(Foto: Junio Matos)

Cerca de R$ 133 milhões serão investidos pelo governo do Estado e Prefeitura de Manaus para a construção do parque Gigantes da Floresta e do complexo viário da Bola do Produtor, na Zona Leste de Manaus. Os convênios foram assinados nesta sexta-feira (1°) pelo governador Wilson Lima (PSC) e o prefeito David Almeida (Avante).

Para a construção do parque, com área de 2,3 quilômetros em um trecho que se estende do Passeio do Mindu - na Av. Natan Xavier, bairro Novo Aleixo, Zona Leste de Manaus - serão direcionados R$ 51 milhões. Segundo o prefeito, a expectativa é que já na próxima semana o processo licitatório para escolha da empresa que prestará o serviço seja realizado. 

A obra deve ser inaugurada no Dia das Crianças, 12 de outubro, no próximo ano, e, de acordo com David Almeida, o parque juntamente com a construção do Mirante Rosa Almeida vão permitir que as atrações turísticas da cidade passem também pela zona Leste. 

“Hoje é um dia histórico assinando o maior convênio da história do governo e com a prefeitura. Estamos mudando o eixo turístico da cidade de Manaus trazendo da zona Oeste para o coração da zona Norte e Leste. Nasce o Parque Gigantes da Floresta, o parque temático com concepção habitacional, esportiva, turística, inclusive toda feita pelo Implurb (Instituto de Planejamento Urbano)”, reforçou o prefeito.

Participando do último evento público junto a David Almeida, antes do prazo de 2 de julho definido pela Justiça Eleitoral para que entes públicos possam participar de eventos públicos, Wilson Lima destacou que além da questão urbanística o parque vai permitir que a população da zona Leste tenha uma nova opção para fazer a economia girar.

“Isso nunca aconteceu aqui, nunca se falou antes sobre turismo nessa área da cidade. Essa área sempre foi vista por muitos como um bolsão de gente, onde estão os menos favorecidos. Esse trabalho que nós estamos fazendo vamos colocar, não apenas um espaço turístico da diversão pela diversão, mas a valorização dessa área, é geração de emprego e renda e oportunidade para quem está aqui”, reforçou Wilson Lima.

A rotatória da Bola do Produtor custará R$ 82 milhões, segundo o governador, será “o maior viaduto da região Norte”. Conforme Lima, a partir da obra, será possível desafogar o trânsito na região do Distrito Industrial e no Centro da cidade, ofertando 12 alças viárias para diferentes localidades como, por exemplo, a saída direta da Zona Leste para a região da Ponta Negra. 

“Há muito tempo que havia um grande movimento aqui nessa bola. Há muito tempo que já havia necessidade dessa intervenção e agora vai sair resultado dessa união e dessa parceria”, disse Wilson cutucando adversários que já governaram o Estado e fazendo memória as obras do Anel Norte e Leste, complexos viários feitos durante o seu mandato.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
Portal A Crítica© Copyright 2022Todos direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por