INTERNACIONAL

Velório de manauara leva multidão às ruas de Rotterdam

Alice Schiedam, de 15 anos, foi morta na quarta-feira passada em um crime que chocou a cidade holandesa. Amiga é a principal suspeita

Portal A Crítica
14/08/2020 às 23:14.
Atualizado em 22/03/2022 às 16:06

(Foto: District 8)

O velório e Alice Schiedam, de 15 anos, que foi esfaqueada até a morte esta semana em Rotterdam, nos Países Baixos, começou na noite desta sexta-feira (14), por volta das 18h45 em Marconiplein, em Rotterdam. Alice foi morta em uma facada na noite de quarta-feira passada.

Centenas de pessoas compareceram ao velório da manauara Alice Schiedam, de 15 anos, que foi esfaqueada até a morte esta semana em Rotterdam, nos Países Baixos (Holanda). Uma amiga da adolescente é a principal suspeita, de acordo com a imprensa dos Países Baixos.

A cerimonia começou com uma marcha silenciosa na noite desta sexta-feira (14), por volta das 18h45 em Marconiplein, em Rotterdam.

Alice foi morta em uma facada na noite de quarta-feira passada.

Segundo a imprensa holandesa, Alice foi morta pela melhor amiga, que estudava com ela na mesma escola. Conforme as autoridades, a vítima havia sido convidada pela suspeita, uma adolescente de 16 anos, para que fosse ao apartamento dela conversar sobre a tentativa de uma possível reconciliação, já que as duas teriam se desentendido no dia anterior ao crime.

Para a polícia holandesa, a mãe da acusada e outras duas irmãs dela participaram da ação que tirou a vida de adolescente, de forma premeditada. Elas também foram detidas.

Equipes contendo cerca de 150 policiais foram mobilizadas para investigar o caso.

*Com informações do Distric 8 *Colaborou Jan Nogueira

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
Portal A Crítica - Empresa de Jornais Calderaro LTDA.© Copyright 2022Todos direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por