Integração social

Ocupação Cultural promove ação de inclusão em abrigos de Manaus

O objetivo é minimizar os efeitos da pandemia e dar alternativas de geração de renda para pessoas (estrangeiras ou não) que se encontram em situação de vulnerabilidade

Portal A Crítica
31/03/2021 às 21:31.
Atualizado em 09/03/2022 às 08:24

(Foto: Divulgação)

A cidade de Manaus, assim como as demais localidades de todo o mundo, tem sofrido intensamente com a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), situação esta, que agravou as condições de quem já se encontrava em situação de vulnerabilidade, como por exemplo, os imigrantes, principalmente venezuelanos, que estão abrigados na capital amazonense.

Com o objetivo de minimizar estes efeitos e dar novas alternativas de geração de renda para estas pessoas (estrangeiras ou não) que se encontram nesta frágil situação, o Projeto “Ocupação Cultural – Pés Molhados” foi idealizado para promover integração social, agregando valores de sustentabilidade e empreendedorismo através de mecanismos culturais, como o aprendizado de artes ou ofícios, por meio de oficinas.

O projeto será desenvolvido em duas etapas: a primeira será de formação, para despertar novas habilidades nos participantes que terão disponíveis oficinas de Crochê, Bonecos, Artesanato Reciclável, Circo e Iniciação ao Desenho e Caricatura. A segunda será de entretenimento, com a transmissão do show “Cabaré Circense”, que conta com a participação de diversos artistas locais.

Estefhani Rojas, idealizadora do projeto, fala sobre essa realização e reafirma seu compromisso social, como artista, com a cidade de Manaus.

“Compreendendo a situação sanitária que se vive pela pandemia de Covid-19, consideramos pertinente fazer uma adequação desse projeto para uma execução virtual, com o intuito de preservar as vidas e a saúde das pessoas abrigadas em espaços de refúgios e casas de acolhimento de imigrantes e pessoas em vulnerabilidade social em Manaus, como também garantir o bem-estar do pessoal de produção e pessoal artístico envolvidos no projeto. De igual maneira, compreendemos a importância de executar esse projeto, devido aos impactos ocasionados pela pandemia. Nossa meta é incentivar a ocupação do tempo livre, realizando atividades que acrescentem novos conhecimentos, gere renda e promova entretenimento”, explica a idealizadora.

Devido a estas adaptações, o projeto “Ocupação Cultural – Pés Molhados” acontecerá no período de 12 a 16 de abril, no Refúgio Esperanza, Refúgio Nazareno, Casa do Migrante Jacamim, Oásis abrigo de famílias e Refúgio Coroado.

O projeto “Ocupação Cultural – Pés Molhados” com produção cultural e executiva de Estefhani Rojas e Jaqueline Ferreira, foi contemplado no Edital Público N° 05/2020- Programa Cultura Criativa 2020/ Lei Aldir Blanc- Competição para concessão do Prêmio Feliciano Lana para projetos Artísticos, Culturais e de Economia Criativa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Amazonas, na área de Artes Cênicas, no segmento Circo.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
Portal A Crítica - Empresa de Jornais Calderaro LTDA.© Copyright 2022Todos direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por