Segunda-feira, 01 de Março de 2021
Editorial

A fraternidade e o diálogo


Sem_t_tulo_A685861F-4851-4E42-B231-C1D37A51CD51.jpg
18/02/2021 às 07:46

A Igreja Católica leva ao mundo este ano uma Campanha da Fraternidade que posiciona a exigência de reflexões profundas e, por isso, palco de reações de segmentos que veem a fraternidade na feição mais estreita. Aberta na quarta-feira de cinzas, a CFE-2021 se faz no tema “Cristo é a nossa Paz: do que era dividido fez a nossa unidade”, dentro do lema “Fraternidade e Diálogo”.

Por todo o ano, inúmeras organizações da Igreja Católica e de outras congregações religiosas que integram a mobilização realizada pela campanha, irão desenvolver atos litúrgicos e ações que ajudem a compreender os efeitos da divisão pelo ódio, pelo negacionismo, pelo preconceito e a discriminação entre as pessoas. O conteúdo da campanha é acolhido e repudiado dentro e fora dos terrenos das organizações religiosas e, nesse campo, as manifestações expressam as percepções de cada pessoa e segmento. O debate é um dado importante, faz com que silêncios sejam rompidos e esclarecimentos acrescidos, desnuda o que há de mais íntimo no ser humano.

Diante dos números em escala elevada da violência que sequela e mata pessoas no Brasil e em todo o mundo exatamente porque a fraternidade e o diálogo não puderam prosperar, a CFE-2021 cumpre função estratégica. Questiona a conduta da Igreja e de suas comunidades quanto ao projeto maior de promover e realizar a fraternidade e o diálogo e oferece à sociedade elementos para pensar sobre os vetos internos que marcam essa mesma sociedade na busca contínua do respeito à vida e ou na negação ao respeito em nome de outras crenças e entendimentos.

O Papa Francisco, em mensagem enviada à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), responsável pela realização da Campanha da Fraternidade, acentua pontos de essencialidade nessa mobilização pela fraternidade e o diálogo. Afirma o Papa: “Convoca-nos a cuidarmos de nós mesmos, de nossa saúde, e a nos preocuparmos uns pelos outros {...}. Precisamos vencer a pandemia e nós o faremos à medida em que formos capazes de superar as divisões e nos unirmos em torno da vida. {...} O Senhor Jesus, que nos convida a caminhar com Ele pelo deserto rumo à vitória pascal sobre o pecado e a morte, faz-se peregrino conosco também nestes tempos de pandemia”.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.