Publicidade
Sim & Não

Adail foi fácil, difícil vai ser Mouhamad

19/10/2016 às 22:39
Show adail valendo01

A retirada de presos do CPE, como a do ex-prefeito de Coari Adail Pinheiro, nesta quarta-feira (19), na mesma medida em que livra a Polícia Militar (PM) de um problema, coloca a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) contra a parede. Isso porque o MP-AM, ameaçando acionar a Justiça, deu 15 dias para a PM desativar todas as celas do CPE. O problema é que, se há cela para Adail fora do quartel, não há para outros presos da unidade especial da PM, como o médico Mouhamad Moustafa.

Nunca antes. Por ter nível superior, a lei manda que o médico preso na operação “Maus Caminhos” seja encarcerado em cela especial. A questão é que não existe “cela especial” em presídio nenhum do Estado. O mesmo acontece com os advogados presos na referida operação.

‘Mateus’   O titular da Seap, Pedro Florêncio, diz que já avisou à Justiça Federal que não tem lugar para colocar presos com nível superior. No caso do médico e dos advogados, o secretário defende a tese de que eles sejam transferidos para presídios federais, uma vez que são presos federais.

  Após vazamento de minuta de portaria transferindo o ponto facultativo em comemoração ao dia do funcionário público para o dia 31, o Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM) voltou atrás, e manteve a data original, 28.

Pito  Em comunicado aos servidores, o secretário-geral de justiça do TJ-AM, Fernando Todeschini, avisa que “fatos como este” não podem acontecer, e que o órgão investiga o vazamento.

Na onda  O detalhe é que o Ministério Público Estadual (MP-AM) transferiu o ponto facultativo de 28 para 31 considerando a portaria “não oficial” do TJ-AM. A minuta do tribunal vazou na Internet antes mesmo de ser assinada pela presidência do Judiciário.

Inovação  Falando em dia do funcionário público, o prefeito Artur Neto (PSDB) baixou decreto transferindo o ponto facultativo do dia 28, uma sexta-feira, para o dia 3 de novembro, uma quinta-feira.

Água fria  Com a medida da prefeitura, o servidor que planejava aproveitar o feriadão desde sexta, 28, e deixar a cidade no fim de semana da votação do 2º turno, teve os planos frustrados. O decreto foi publicado no dia 18.

Teste pra 2018 O presidente do PSDB, senador Aécio Neves (MG), e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, vão testar a popularidade nos próximos dias subindo em palanques de candidatos do partido que disputam o segundo turno das eleições municipais. Por hora, Manaus não consta na agenda.

Só joga em casa Segundo a Agência Estado, Aécio e Alckmin focam em cidades localizadas em regiões do País em que o PSDB saiu vitorioso na disputa presidencial de 2014. Em Manaus e no Amazonas, o PT dominou as eleições passada.

Pra aprender O vereador Roberto Sabino (Pros) defendeu essa semana a construção de penitenciárias agrícolas no Amazonas. Segundo o parlamentar, só assim os “marginais sairão (da cadeia) sabendo fazer alguma coisa”.

Big amigão  Para o vereador Mário Frota (PHS), não existe melhor subsecretário na administração tucana que o subsecretário de Administração e Finanças da Semed, Luís Fabian Barbosa, a quem o vereador diz que “sempre procurou” quando precisou de algo na Semed.