Publicidade
Sim & Não

Advogados em plena campanha

19/04/2017 às 20:45 - Atualizado em 19/04/2017 às 20:47
Show tribunal0333

A disputa pela vaga de desembargador destinada à OAB/AM no Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ/AM) dá sinais de que será  a mais acirrada da história. Mesmo cientes de que a cadeira só será preenchida em 2018, advogados formam equipes de campanha, incluindo assessores de imprensa. A direção do judiciário amazonense já informou, conforme registrou a coluna, que por falta de orçamento a sétima e última nova vaga ficou para o ano que vem. A campanha, portanto, será longa.

Influência digital   A cada evento oficial que participa, o presidente do TJ/AM, Flávio Pascarelli, é seguido por advogados candidatos à vaga, que fazem questão de tirar foto com o e desembargador para mostrar “força” nas redes sociais.

Investimento  O advogado Marcelo  Kizem já circula com um boton escrito “Kizem Desembargador”. O advogado Felipe Thury, filho do desembargador Felipe Thury, contratou até assessoria para cuidar da sua divulgação.

Ascendência  A juíza do trabalho Márcia Nunes Bessa toma posse na próxima segunda-feira no cargo de desembargadora no Tribunal Regional do Trabalho. A magistrada atua no TRT/11 há 23 anos. A promoção acontece pelo critério de merecimento.   

Atuação  Nos bastidores, membros do judiciário dizem que Márcia Bessa foi alçada ao posto por meio da mesma articulação “de Brasília” que elevou o procurador José Hamílton Saraiva ao cargo de desembargador do TJ/AM. Márcia é esposa do também desembargador João Mauro Bessa.

Registro  Um observador atento fez questão de grifar trecho da resposta do senador Omar Aziz (PSD) ao refutar nota do senador Eduardo Braga, que o responsabilizava pelos aditivos da obra da ponte sobre o rio Negro. Disse Omar: “Todos os conselheiros do TCE fizeram visita à obra, acompanhados do meu antecessor, para avaliar a necessidade técnica dos aditivos”.

Contra  O deputado federal Alfredo Nascimento foi o único da bancada do Amazonas a votar contra o Projeto de Lei Complementar 343/17, que trata da recuperação fiscal dos estados superendividados

Aperto  Alfredo disse ser contra a proposta por não beneficiar o AM, elevar a alíquota de contribuição previdenciária de servidores (ativos e aposentados) de 11% para 14% e congelar o reajuste dos servidores - além de  restringir a realização de concursos. “É muito arrocho para o servidor”, afirmou Alfredo, que foi de encontro à orientação do PR.

Cruzado Ao que tudo indica, a crítica feita pelo lutador amazonense Dileno Lopes, ex- UFC, reverberou pelo menos no Poder Legislativo Estadual. Ontem, a Assembleia Legislativa do Estado (ALE/AM) homenageou a lutadora Ketlen Vieira do UFC, que venceu Evans-Smith no último sábado.

Jab Dileno se irritou com o endeusamento à ex-BBB Vívian Amorim, recepcionada com pompa ao chegar a Manaus, e o desprezo à Ketlen Vieira. Citou a homenagem na ALE/AM para Vívian e reclamou de apoio. “Por favor prefeito vamos valorizar mais os Atletas de Manaus. São eles que mês e mês (sic) estão levando a porra desse nome de Manaus pelo mundo a fora! Cadê o nosso apoio? “, questionou.