Terça-feira, 04 de Agosto de 2020
Pinga Fogo

Aleam vai pagar R$ 65 mil sem licitação para consultoria com empresa de advocacia


show_920539D6-666C-4C90-941B-3B882D0F55E7_3B331B3E-9FED-4A68-8797-4044A5DE75D2.jpeg
09/07/2020 às 08:42

A Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) recontratou, sem licitação, a empresa de advocacia do jurista André Ramos Tavares para prestar serviços de “consultoria e assessoria jurídica especial” no processo de impeachment do governador Wilson Lima (PSC) e do vice-governador Carlos Almeida Filho (PTB).  

A decisão foi publicada no Diário Oficial do Legislativo de ontem, onde o diretor-geral da Aleam, Wander Araújo, por delegação do presidente da Casa, Josué Neto (PRTB) resolveu “considerar inexigível  a licitação”.  

A publicação diz que a empresa terá um custo mensal para a Aleam de R$ 65 mil, pelo prazo de três meses.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.