Publicidade
Sim & Não

Alianças do 2º turno ficam à mostra

26/09/2016 às 12:14
Show hlsdkhgsgd

A sete dias da eleição, o debate promovido ontem pela TV A Crítica/Record entre os candidatos à Prefeitura de Manaus serviu como termômetro para mostrar como os prefeituráveis poderão se posicionar num eventual segundo turno. Metralhado, Artur Neto (PSDB) atraiu a antipatia da maioria dos candidatos. Só Serafim Corrêa (PSB) amenizou o discurso contra o atual prefeito, dizendo, por exemplo, compreender a atual situação orçamentária do município.

"Sorte"

Os candidatos  Artur Neto (PSDB) e Hissa Abrahão (PDT)  tiveram, ontem, a oportunidade de lavar a roupa suja. Em duas ocasiões o sorteio os escolheu para fazer perguntas um ao outro. Hissa foi vice-prefeito e Secretário de Obras de Artur Neto, até protagonizarem rompimento público e histórico.

Ataque

 Já Henrique Oliveira (SD) bateu de frente com Marcelo Ramos (SDD) por conta de suas alianças. Silas Câmara (PRB) centrou críticas à atual gestão e Hissa Abrahão disse a Artur: “Não sou contra você”.

Anúncio 

Henrique Oliveira surpreendeu a todos ao ‘anunciar’ que até sábado um candidato à Prefeitura de Manaus pode ser preso por usar dinheiro público na campanha. Atual vice-governador do Amazonas, Henrique elogiou a PF pela Operação Maus Caminhos.

Detalhe

Dos sete candidatos que participaram do debate de ontem, cinco estavam vestidos de branco. Era o ensaio de um encontro pacífico. Mas, na prática, os prefeituráveis esqueceram a cor que estavam vestidos e partiram para o confronto.

Pressão

Professores e gestores escolares informaram  que estão sofrendo pressão na Seduc para votar nos candidatos a vereador de Manaus indicados pela pasta. Apesar de o voto ser secreto, eles afirmaram que um “fiscal” da Seduc está coletando o endereço da Zona Eleitoral dos funcionários para saber quais os candidatos mais votados nessas áreas.

Serviços em foco

Para melhorar a capacitação de trabalhadores no segmento de Serviços, a Semtrad, em pareceria com o Senac, promove, hoje, o curso de “Talentos em Vendas” para trabalhadores cadastrados no Sine Manaus.

Em baixa

O último levantamento do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) constatou uma queda de 12,5% nas vagas de trabalho para o setor de serviços, o equivalente a quase 1.150 postos de trabalho. Com base nesses dados, a Semtrad pretende concentrar seus esforços na criação de vagas direcionadas a este setor da economia.

Campanha

Ex-secretário de municipal de educação , Dr. Mauro Lippi luta por uma vaga no Parlamento estadual focando na terceira idade. A bandeira de campanha do candidato é o projeto “Condomínio Seguro Para Idosos”. O objetivo é contribuir para  um ambiente seguro para essa faixa etária.

Campanha 2

Lippi baseia-se no fato de que as maiores causas de mortes de idosos no País são queda, pneumonia e diarreia, em grande parte pq ficam sozinhos e não têm a quem recorrer a tempo. O projeto, se aplicado, pode reduzir o índice de mortes por esses motivos.