Publicidade
Sim & Não

‘Amazonino eu não apoio’, dispara David

13/06/2017 às 22:34 - Atualizado em 13/06/2017 às 22:36
Show david 03333

O governador David Almeida afirmou, nesta terça-feira (13), que o líder do PSD no Amazonas, senador Omar Aziz, tem autonomia para definir o apoio do partido na eleição suplementar deste ano, mas disse que já o avisou da sua decisão. “Não sou obrigado a apoiar o candidato que ele (Omar) indicar. Se o candidato for o Amazonino, eu não apoio. Os demais, estou aberto à conversa”, disse David Almeida à coluna. Ao ser questionado sobre o motivo, ele respondeu: “coerência”.  

 Alforria   David Almeida também afirmou que se a decisão de Omar Aziz for mesmo levar o PSD a apoiar Amazonino Mendes  - sobre quem ele diz não concordar com as práticas - se sentirá livre para entrar na campanha de qualquer outro candidato.

Impedimento  O governador ainda sustentou que só não é candidato por não contar com o aval do líder do partido. “Não sou candidato porque não tenho partido. Claro que seria (se tivesse o poder de decisão). Quem, se estivesse no meu lugar, não iria pleitear isso?”.

Reverência Omar admite que ele e David Almeida não chegaram a um entendimento, mas que voltam a conversar  hoje. “Até  o informei que vou aonde ele estiver. Ele é o governador”, disse Omar.

Carinho O senador também teceu elogios a David. “É um bom garoto. Naturalmente tem suas posições, legítimas, mas entende o momento e sabe das minhas posições”.

Expectativa Colaboradores próximos ao prefeito Artur Neto (PSDB) dizem que a chance é grande dele ser candidato, mas afirmam que até agora não tiveram confirmação. O secretariado está em compasso de espera. “Aguardando a orientação”, disse um deles.

Nunca mais  Assessores de Artur só estranham a repentina empolgação do prefeito para ser candidato, em virtude dos seus recentes problemas de saúde e por estar visivelmente desgastado fisicamente. No dia 22 de maio, ao dar posse aos novos secretários, Artur disse: “Não pretendo nunca mais disputar eleição na minha vida. Eleição pra mim é uma coisa que está acabada”. Na ocasião, prometeu ficar no mandato até 31/12/ 2020.

Sinal dos tempos    Tanto o PSDB quanto o PMDB já definiram data e hora das convenções partidárias. Ambas no mesmo dia, 16, mas bem distante uma da outra. Enquanto o PMDB apresenta seu candidato às 9h, na quadra da escola de samba Unidos do Alvorada, o PSDB faz o anúncio  às 17h, na sede do partido, no Vieiralves.

Intercâmbio   Pré-candidato ao governo, o deputado federal Silas Câmara (PRB) admitiu que vem mantendo conversas com o ex-deputado Marcelo Ramos (PR) que poderão culminar no fechamento de uma parceria até sexta. “Estou fazendo entendimento sobre possível aliança. Quem quer um vice também tem que poder ser vice”, comentou.

Geral  Silas disse, entretanto, que as conversas não giram em torno apenas de Marcelo Ramos. “Também conversei com o Amazonino (Mendes), com o Eduardo Braga, com o Omar (Aziz), com o Artur. Conversei com todo mundo”.

Leva e trás  Dois membros graúdos do PMDB vem sendo vistos constantemente na casa do ex-governador Amazonino Mendes.