Publicidade
Sim & Não

Amazonino ‘presta contas’ sobre viagem

19/04/2018 às 21:49 - Atualizado em 19/04/2018 às 22:55
Show amazonino

O governador Amazonino Mendes (PDT) demonstrou preocupação, ontem, com o entendimento da população sobre sua viagem aos Estados Unidos. Na Assembleia Legislativa do Estado (ALE/AM), a viagem recebeu críticas. Em vídeo postado em suas redes sociais, ele deu satisfação sobre sua ida ao país americano. Antes da viagem, a agenda não havia sido divulgada. “Isso é uma espécie de prestação de contas”, disse ele no vídeo, ao explicar que a ida aos EUA também inclui o incremento do turismo no AM.

Cultura  De acordo com o governador, além do acerto para a consultoria que será prestada por Rudolph Giuliani  na área de Segurança Pública, cujo valor não foi divulgado, a visita aos EUA também tem como objetivo garantir a participação do Amazonas em eventos como Summer Stage, Brazilian Summer Fest e Brazilian Day.

Bumbás A ideia seria levar apresentações dos Bumbás de Parintins para esses eventos, como também ações culturais na semana do Brasil no país americano, no mês de setembro. “O que estamos fazendo aqui é tentar que toda a nossa riqueza possível seja aproveitada”, afirmou Amazonino. “Não podemos mais perder nada”, sustentou no vídeo. 

Agora vai Candidato à Presidência em 2010 e 2014, e com outras tentativas de eleição para deputado estadual, federal, prefeito e governador por SP, o presidenciável Levy Fidelix disse que as chances de vitória, desta vez, são maiores porque, para ele, a fonte que jorrava dinheiro para bancar o Caixa 2 de campanhas milionárias foi fechada pela Lava Jato.

Mudança  “O momento que vivemos hoje, um caos total, uma falta de postura de figurões da política nacional, vão ensejar em uma renovação completa na política. O novo e a renovação são as palavras de ordem”, disse Fidelix, ontem,  em entrevista ao portal A Crítica.  Ele comanda o PRTB em nível nacional. 

Diagnóstico  “O Amazonas tem a maior população indígena do Brasil e, em Manaus, há mais 30 etnias e cerca de 15 mil indígenas. Apesar disso, o valor destinado a políticas públicas para os indígenas é irrisório”. Do deputado José Ricardo, na passagem do Dia do Índio.

Injuriado   O deputado estadual Belarmino Lins (PP) se irritou com nota publicada pela coluna, esta semana, dando conta da atuação dele e do irmão, o deputado federal Átila Lins (PP), no setor primário, graças a proximidade com o titular da Sepror, José Aparecido.

Serviço Em nota, “Belão” disse que nem ele nem Átila “exercem influência alguma” sobre secretarias do governo. “Sempre desempenhamos nossos mandatos com responsabilidade, buscando servir aos interesses públicos coletivos”.

Solução 1  A Susam está reforçando o estoque da Central de Medicamentos do Amazonas com o empenho de R$ 85 milhões em compras. Os medicamentos já estão sendo entregues e abastecendo as unidades da capital e do interior.

Solução 2   A Cema, segundo Francisco Deodato, voltou a coordenar o processo de compra de medicamentos. Quando assumiu a gestão, em outubro, a Cema atendia só 25% da demanda das unidades. O restante era comprado pelas próprias unidades, sem padronização.