Publicidade
Sim & Não

Anúncio de candidatura de Artur pode sair

15/07/2016 às 22:11 - Atualizado em 16/07/2016 às 18:08
Show vxcvxcv

Espera-se para este sábado (16) o anúncio oficial de candidato à reeleição do prefeito Artur Neto (PSDB). Até então, o tucano tem evitado falar em público sobre o projeto, mas com o processo se afunilando e adversários ganhando projeção, o grupo do prefeito decidiu que chegou a hora. O palco escolhido é uma reunião com pré-candidatos da sigla, no hotel Taj Mahal, no Centro. O nome do vice dele deve ficar para frente. Ainda não há consenso sobre Josué Neto (PSD), posto como favorito até aqui.

Agora não  

Oficialmente, a cúpula da prefeitura tucana, nesta sexta-feira (15), negava qualquer anúncio para este sábado, dizendo que o ato, com a presença do prefeito, resume-se apenas a uma agenda do PSDB.

Atualização

O anúncio foi adiado para segunda-feira (18). Confira mais detalhes na matéria sobre o tema.

Zum zum zum 

Causou surpresa e mal estar para alguns a ausência da superintendente Rebecca Garcia na reunião do Conselho de Administração da Suframa (CAS). Só quem pareceu não estranhar foi o ministro Marcos Pereira (Indústria e Comércio), a quem Rebecca já tinha exposto os motivos para faltar o evento.

Foro íntimo

Segundo a Suframa, Rebecca entrou com uma licença por interesse particular na sexta-feira passada, 8. O motivo seria compromissos familiares agendados antes da confirmação da agenda do ministro em Manaus.

Pimenta 

Entre os interessados na queda de Rebecca, a ausência, no mínimo, foi uma demonstração de desapego ao cargo. O ministro contemporizou, e afirmou que não há tratativas, por hora, para mudanças na chefia da Suframa.

Imprevisto 

Esforçado em passar a imagem de proximidade com o ministro e colega de partido Marcos Pereira, o deputado federal Silas Câmara (PRB) acabou ficando de fora da composição da mesa na reunião do CAS. O cerimonial não permite assento a autoridades que não estejam de paletó. Era o caso de Silas.

Aproveitando 

O azar de Silas foi a sorte do deputado Serafim Corrêa (PSB). Como representante da ALE-AM, ele teve lugar reservado e ao lado do ministro. Também pré-candidato a prefeito, o político do PSB levou vantagem nessa.

No Executivo  

O presidente do TJ-AM, Flávio Pascarelli, assume o governo  neste domingo, onde fica até terça, 19, por causa de uma agenda do governador José Melo (Pros) em Washington (EUA).

Direto ao cofre 

Melo vai à capital dos EUA tratar de um empréstimo de US$ 300 milhões junto ao Bird. A transação foi liberada pelo governo federal, confiando na estabilidade da condição fiscal do Estado.

Intrigado  

O deputado federal Arthur Bisneto (PSDB) quer porque quer saber a causa de o governo de Dilma Rousseff (PT) ter reduzido o repasse de recursos terminais portuários no Estado. Nas contas do tucano, a queda foi de 80%.

Execução falha  

Pesquisa mais atenta mostra que dinheiro para a área não faltou no governo petista. Não houve foi entendimento entre o Dnit, controlado pelo PR, e o governo estadual para concluir os projetos. Os poucos que foram concluídos desabaram.

Voltou  

Prova da enrolada toda é que, em 2015, quase dez anos após a celebração do termo de cooperação entre o Estado e o Ministério dos Transportes, a Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) devolveu dinheiro por não dar conta de construir as obras. Eram R$ 10,8 milhões devolvidos até aquele ano.