Publicidade
Sim & Não

Assembleia inicia a ‘Guerra dos 90 dias’

04/07/2018 às 20:19 - Atualizado em 04/07/2018 às 20:25
Show david1

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado, David Almeida (PSB), detonou  um míssil contra a base aliada do governo na Casa e deflagrou uma nova fase da guerra contra o Executivo que deve durar até a eleição que acontece daqui a três meses. No plenário, ontem, o pré-candidato a governador anunciou que nenhuma proposta do governo e da base será votada na Casa - até que o dinheiro das emendas impositivas seja liberado. A base aliada ficou atônita: “Não acredito nesta posição”, disse Vicente Lopes (PV) à coluna. 

48 horas   A Mesa Diretora da ALE/AM argumenta que, pela legislação eleitoral, o governo teria até sábado (7 de julho) para liberar as emendas, mas não demonstra inclinação para tal.

Seis meses  A liderança do governo argumenta, entretanto, que a execução orçamentária do Estado pode se dá até o final do ano e, até lá, as emendas serão liberadas. A pressa da oposição, em tese, teria como fim o faturamento eleitoral. 

Expectativa  Para Vicente Lopes, se David Almeida mantiver a posição de travar a pauta governista, vai deixar claro que não age “pelo bem do Estado, mas sim pelo interesse pessoal”. “Espero que meu presidente tenha sensibilidade”, adoçou.   

Recado   Ciente de que a oposição e o Ministério Público Eleitoral estavam de olho na entrega de implementos agrícolas do programa “Terra Produtiva”, o governador Amazonino Mendes (PDT) disparou ontem, em discurso no evento: “Eu não compro voto. Não preciso. Eu trabalho”. 

De volta   O evento do governo foi realizado um dia após o MP emitir alerta ao Executivo sobre doações em ano eleitoral. Em discurso, Amazonino emendou. “Meu governo não compra voto nem compra político”. Ele encerrou a fala pedindo que todos no interior saibam que “aquele Negão voltou”. 

Motejo   A quantidade de vereadores em evento público com a presença do prefeito Arthur Neto (PSDB), ontem, era tão grande que uma sessão do Legislativo Municipal poderia ser aberta a qualquer momento. O próprio tucano ironizou. “Hoje dá quórum aqui”. 

Dinheirama  Artur participou ontem da inauguração da ETE Timbiras - Estação de Tratamento de Esgoto do bairro Cidade Nova - feita pela Manaus Ambiental. Segundo o prefeito, a empresa dispõe de R$ 600 milhões para aplicar em cinco anos na capital.

Tática  Pré-candidato ao Senado, o deputado federal Alfredo Nascimento (PR) mergulhou nos bairros de Manaus nos últimos dias em busca de seus antigos eleitores. O parlamentar é um forte concorrente com os votos do interior, mas ainda patina na capital. Por isso, sonha com o apoio do prefeito Arthur. 

Social  Em suas redes sociais, esta semana, após visitar o bairro São José, na Zona Leste, Alfredo postou: “As pessoas lembram dos projetos sociais que desenvolvi quando fui prefeito, como o Médico da Família, S.O.S Igarapé (...)  e tantos outros que marcaram nossa administração com o Social Levado a Sério”. 

Prêmio  O secretário estadual de Meio Ambiente, Marcelo Dutra, que concluiu o doutorado em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade pela Ufam, ano passado, recebeu da universidade o prêmio de melhor tese de 2017 para ciências do ambiente.