Publicidade
Sim & Não

Átila e Belão não querem repetir ‘erro’ de 2014

14/02/2018 às 20:44 - Atualizado em 14/02/2018 às 20:46
Show belao1

O deputado estadual Belamino Lins e o irmão,  deputado federal Átila Lins, confirmaram à coluna que a partir de abril estarão na mesma sigla partidária. Em 2011, Átila deixou o PMDB e foi para o PSD. Já “Belão” ficou no PMDB até 2016 (hoje ele está no Pros). Em 2014, os dois pela primeira vez estiveram em palaques rivais, o que consideram um “erro histórico”. Belão apoiou o senador Eduardo Braga na disputa pelo governo e Átila pediu votos para José Melo, apoiado à época pelo PSD de Omar Aziz. 

Dobradinha   Até aquela ocasião, os irmãos Lins haviam passado duas décadas trabalhando um pelo outro, especialmente no interior. Foi com essa estratégia que conseguiram bater recordes em número de reeleições. O racha entre Braga e Omar, em 2014, provocou  a primeira cisão do clã. 

Jurássicos   Átila e Belão avaliam que na última campanha que disputaram, colocaram em risco o projeto de reeleição. Este ano, não querem dividir energia. Ambos ocupam vagas no Parlamento desde 1991. 

Segredo   O que os irmãos Lins não confirmam é em qual partido estarão a partir de abril. Eles namoram o PTB, sigla comandada pelo vereador Reizo Castelo Branco, filho do deputado federal Sabino Castelo Branco, afastado da Câmara Federal devido a um AVC. 

Sigilo   Pelo menos até ontem, o prefeito Arthur Virgílio Neto seguia em destino incerto e não sabido. O tucano viajou logo após a leitura da Mensagem Anual, na abertura dos trabalhados da Câmara Municipal de Manaus, ainda na terça-feira, 6 de fevereiro. No dia seguinte teve uma reunião partidária, em Brasília. Depois, não se sabe mais qual a agenda do prefeito da cidade. 

Cansado  Consultada, a assessoria do prefeito informou que Arthur tirou os dias de Carnaval para “descansar”, fora de Manaus, e que deve retomar o comando da cidade nesta quinta-feira (15). Ao contrário dos gestores de grandes cidades, a Prefeitura de Manaus não informa, em seu site, a agenda do prefeito. 

Licença  Conforme o Diário Oficial do Município, a primeira-dama Elisabeth Valeiko, que faz companhia ao prefeito em todas as suas viagens, mesmo as de interesse partidário, está autorizada a se manter afastada da função de presidente do Fundo Social de Solidariedade de 6 de fevereiro (terça-feira passada) ao dia 14 (ontem), “sem ônus para o município”.      

Quem sabe 1 Após ficar quites com o Tribunal de Contas do Estado (TCE/AM), o procurador Francisco Cruz  diz que até pensa em se candidatar novamente ao comando do Ministério Púbico do Estado (MPE/AM), no segundo semestres deste ano. 

Quem sabe 2 Na semana passada, o  TCE/AM aprovou a prestação de contas do MPE/AM de  2014. De janeiro a outubro as contas eram de responsabilidade de Francisco Cruz. “Agora estou em dia com 
a corte de contas e posso até pensar em sair candidato”, disse ele, em referência à disputa pela Procuradoria-Geral de Justiça. 

Pós-Carnaval  Professores da rede municipal e estadual de ensino programam para hoje um protesto a fim de cobrar o governo do Estado e a Prefeitura de Manaus por melhorias nas condições de trabalho do setor. Prometem barulho em frente às sedes governamentais.